20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Segunda-feira, 04 de Abril de 2022, 08:50 - A | A

Segunda-feira, 04 de Abril de 2022, 08h:50 - A | A

neutro?

Oposição ao Mauro Mendes na AL, deputado nutre esperança em ver Wellington disputar Governo

Para o deputado, Mauro disputará as eleições, caso confirme sua candidatura, com desgaste e com um saldo negativo de 400 mil votos negativos

Adriana Assunção & Kleyton Agostinho/VGN

Oposição ao governador Mauro Mendes (União Brasil) na Assembleia Legislativa (AL/MT), o deputado Delegado Claudinei (PL), em entrevista à imprensa não escondeu seu desejo em ver o senador da República, Wellington Fagundes (PL) disputar à majoritária.

Entretanto, caso Wellington Fagundes e o governador Mauro Mendes decidam seguir com seus projetos de reeleição e firmem apoio, o deputado relatou que conseguiu aval para se posicionar neutro.

“Ele tem que buscar o apoio e é natural buscar o apoio do presidente Bolsonaro, que ainda é o nome mais forte aqui em Mato Grosso. O presidente Bolsonaro com certeza tem mais de 60% do apoio dos mato-grossenses e é natural que ele (Mauro) queira somar com o senador Wellington. Ele sabe que precisa  fazer esta articulação, mas eu deixei bem claro a ele (Wellington) e ao presidente Valdemar Costa Neto, que se houver essa junção, essa coligação com o governador Mauro Mendes eu vou ficar neutro”, declarou o parlamentar.

Ele justificou que não entrará em contradição, especialmente por fazer oposição ao gestor durante três anos. Segundo Claudinei, depois de todas suas cobranças, declarar apoio será tornar um mentiroso.

Leia também: Ludio diz que alianças podem fragilizar PT e debate irá apontar contradições do governador

“Não vou apoiar o atual governador, caso contrário, cai tudo por terra o que falei desde o início. Tudo que eu cobro do governador cai por terra e eu vou passar por mentiroso. Isso além de me prejudicar politicamente, também não é do meu perfil fazer isso, sempre mantive a minha linha, desde que atuava como delegado de Polícia e vou manter como político também”, declarou.

O deputado Delegado Claudinei destacou que irá respeitar a decisão do partido, não declarando apoio a outro governador por questão de fidelidade, mas reiterou que ficará neutro. Para o deputado, Mauro disputará as eleições, caso confirme sua candidatura, com desgaste e com um saldo negativo de 400 mil votos. Entre os motivos da rejeição ele aponta as “péssimas condições das estradas”.

“O governador Mauro Mendes tem muito desgaste, talvez pela mídia forte que ele tem aqui, principalmente em Cuiabá, talvez as pessoas não percebam isso, mas eu que viajo o Estado inteiro e converso com as pessoas, verifico estradas, Saúde, Segurança Pública, estes três itens são os que pesam mais contra o governador e os mais de 100 mil servidores públicos que, juntando famílias e amigos, podem chegar a uns 400 a 500 mil, gerando um saldo negativo para o governador já na saída. Eu acredito que ele já entre com menos 400 mil votos”, declarou o deputado.

Questionado sobre o nome de Wellington Fagundes para Governo, o deputado reafirmou que o senador busca à reeleição, porém, ainda espera que após um processo de convencimento, o parlamentar possa mudar de ideia. “Quem sabe lá na frente, quem sabe o presidente Bolsonaro chegar no Wellington junto ao Medeiros e falar, olha Wellington nós precisamos ganhar a eleição para governador, o seu nome está crescendo o nome do atual governador está descendo e o nome do Medeiro também é um ótimo nome para ir para Senado, quem sabe? Tudo pode acontecer até julho”, declarou.

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760