22 de Junho de 2024
22 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Domingo, 15 de Maio de 2022, 14:07 - A | A

Domingo, 15 de Maio de 2022, 14h:07 - A | A

ELEIÇÕES 2022

Kardec diz que aposta na eleição de 3 a 4 deputados estaduais, 2 federais e que apoio a Mendes continua

Recém chegado ao PSB, deputado diz que "o bom trabalho" que vem sendo feito deve garantir uma boa performance do partido nas eleições deste ano

Jorge Maciel/VGN

O deputado estadual Alan Kardec (PSB) disse neste domingo (15.05) apostar na conquista de três a quatro cadeiras na Assembleia Legilslativa, sem nominar eleitos e reeleitos, e de até dois assentos na Câmara do Deputados - com uma vaga segura e a outra na expectativa.

_ "Em se tratando de eleição para a AL, fazemos três deputados com folga e brigaremos por mais uma cadeira, que é um pouco difícil, mas não impossível", afirmou.

Candidato pré-declarado a deputado federal, Kardec vê caminho não tão tortuoso para que o PSB marque posição na Cârmara Federal com pelo menos uma cadeira conquistada:  "vejo com otimismo a eleição de algum candidato do nosso partido, como vejo com o mesmo  entusiasmo uma segunda vaga perfeitamente possível", declarou. Na atual bancada federal não há deputados federais pessebistas eleitos em 2018, tampouco algum parlamentar que tenha se filiado ao partido, após o pleito passado, que busque  reeleição.

Em relação às candidaturas majoritárias, o deputado egresso do PDT diz que o posicionamento, até por coerência, é o de apoiar a reeleição de Mauro Mendes - que ainda não se decidiu pela disputa.

_"Somos da base do governo e não poderia ser diferente", explicou Alan. "Tenho particularmente algumas divergências com o Mauro [Mendes] em relação ao servidor público", mas vejo no governo muitos acertos em áreas como saúde, educação e infraestrutura", destacou ele, lembrando que três deputados do partidos integram a sua base [de Mendes].

O parlamentar disse também que a questão sucessória nacional na atual conjuntura passa necessariamente pela candidatura de Geraldo Alckmin, recém filiado ao partido, que fcompõe a chapa com Luiz Ignácio Lula da Silva, ainda que a direção nacional tenha deixado, por conta das disputas acirradas nos cargos proporcionais e Senado, essa decisão em aberto. "Mas a tendência é seguir na oposição do governo Bolsonaro, principalmente em caso de um eventual segundo turno" , finalizou.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760