24 de Junho de 2024
24 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Terça-feira, 22 de Março de 2022, 16:25 - A | A

Terça-feira, 22 de Março de 2022, 16h:25 - A | A

Antes tarde do que nunca

Fábio garante resolver desconfortos, criar Diretório do União Brasil e focar na "filiação de lideranças"

Fábio avalia como normal o União Brasil ainda não ser oficializado: "É um novo partido e agora passa pela sua formação oficial formal no Estado"

Adriana Assunção & Kleyton Agostinho/VGN

O suplente de senador, ex-deputado federal Fábio Garcia (União Brasil), em entrevista à imprensa nesta terça-feira (22.03), garantiu que "ainda esta semana" o partido União Brasil estará 100% formalizado, com Diretório Estadual e CNPJ. A declaração foi em razão da desorganização apontada pelo deputado Dilmar Dal'Bosco (União Brasil), que reclama da demora para definir chapa para deputado estadual e federal.

“O que está acontecendo no União Brasil é muito normal. É um novo partido, que se formou recentemente e agora passa pela sua formação oficial e formal no Estado de Mato Grosso. Um período novo, primeiro faz a papelada, compõem os diretórios, tira o CNPJ e está constituído. Essa semana está resolvido”, declarou Fabio.

Fabio explicou que para lançar candidatura, os postulantes as vagas na Assembleia Legislativa e Câmara Federal devem se filiar no União Brasil. Ele busca dialogar com os membros descontentes. 

Nosso trabalho agora é filiar as lideranças 

“Tem que se filiar no União Brasil, todos que vão disputar eleição nos seus partidos políticos têm que se filiar até o dia 4 de abril. Os secretários candidatos, vamos falar especialmente Beto Dois a Um, Gilberto, já confirmados, já são filiados ao Democratas, portanto automaticamente filiados ao União Brasil”, declarou.

Leia também: Ex-presidente da Câmara de Várzea Grande tem até maio para restituir erário

Em relação ao descontentamento do deputado Dilmar Dal Bosco, que cobra as definições das candidaturas para decidir se disputará pelo União Brasil, Garcia destacou: “Da minha parte vou trabalhar até o dia 4 de abril para que o Dilmar permaneça no partido. Portanto, eu vou usar o prazo que existe da legislação, não é um prazo que o União Brasil impõe, mas é a legislação que é até 4 de abril, para dar todo conforto para que Dilmar permaneça no União Brasil. A gente precisa escutar esses desconfortos e tentar resolvê-los”, declarou.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760