17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

VGNJUR Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 15:02 - A | A

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 15h:02 - A | A

PL do estupro

OAB cria comissão para analisar projeto de lei que equipara aborto tardio a homicídio

A comissão é composta por sete membros, todas mulheres

Rojane Marta/ VGNJUR

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Beto Simonetti, publicou uma portaria que cria uma comissão para elaborar um parecer sobre o Projeto de Lei (PL) nº 1904/2024. O PL propõe equiparar o aborto realizado após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio simples, inclusive nos casos de gravidez resultante de estupro.

A  comissão é composta por sete membros, todas mulheres, líderes em diversas áreas jurídicas dentro da OAB. Confira nomes no final da matéria.

A criação da comissão segue o artigo 73 do Regulamento Geral da OAB, que permite a designação de uma comissão para tratar de matérias complexas. O regulamento estabelece que a comissão deve escolher um relator e deliberar coletivamente, desconsiderando os votos minoritários para fins de relatório e voto.

Segundo a portaria, a comissão deverá finalizar o estudo e apresentar o parecer ao Conselho Pleno da OAB na sessão prevista para o dia 17 de junho de 2024, destacando a urgência da matéria. O presidente Simonetti enfatizou a importância de um parecer bem fundamentado e a necessidade de celeridade na análise do projeto de lei.

"Em razão da urgência que requer a matéria, finalizado o estudo, o parecer será submetido ao Conselho Pleno, na sessão prevista para o dia 17 de junho do ano em curso, para deliberação," afirmou Simonetti na portaria.

A comissão terá a responsabilidade de fornecer uma análise jurídica detalhada do PL 1904/2024, considerando os aspectos legais e constitucionais envolvidos. O parecer será fundamental para orientar a posição da OAB sobre o projeto de lei, que tem gerado debates intensos e polêmicas.

Leia também: Janaina Riva lembra ter sofrido quatro abortos e critica PL do Estupro

Compõem a Comissão:  Silvia Virginia Silva de Souza – Presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos; Cristiane Damasceno Leite – Presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada; Ana Cláudia Piraja Bandeira – Presidente da Comissão Especial de Direito da Saúde; Aurilene Uchôa de Brito – Vice-Presidente da Comissão Especial de Estudo do Direito Penal; Grace Maria Fernandes Mendonça – Secretária-Adjunta da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais; Katianne Wirna Rodrigues Cruz Aragão – Ouvidora-Adjunta e Helcinkia Albuquerque dos Santos – Presidente da Comissão Especial de Direito Processual Penal.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760