23 de Julho de 2024
23 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 15:56 - A | A

Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 15h:56 - A | A

líder do prefeito

Oposição faz “pressão” por cassação de Marcrean na Câmara de Cuiabá

Marcrean dos Santos é acusado de invadir a UTI do HMC no momento em que pacientes estavam sem roupa

Adriana Assunção & Angelica Gomes/VGN

Os vereadores de oposição fazem pressão pela abertura de comissão processante contra o líder do prefeito na Câmara Municipal, vereador Marcrean dos Santos (MDB). O parlamentar foi representado pelo médico Marcos Vinicius Ramos de Oliveira por abuso de autoridade e desacato.

Os vereadores Rogério Varanda (PSDB) e Dr. Luiz Fernando (União) afirmaram que também vão representar o colega pela suposta invasão e ameaça ao servidor público na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal (HMC).

A vereadora Michelly Alencar e Rogério Varanda apontaram também crime de falsidade ideológica. Marcrean teria se apresentado na unidade com outro nome. “Esse vereador usou até o nome de Zé Maria para poder entrar dentro da UTI. Ele entrou em uma UTI no momento do banho. Atrapalhou o trabalho. Um líder do prefeito faz uma algazarra dessa”, questionou Varanda.

Dr. Luiz Fernando também externou sua indignação com o colega de Parlamento. Segundo ele, sem uso de EPI [Equipamento de Proteção Individual] e outros cuidados, Dos Santos invadiu a unidade no momento em que pacientes estavam sem roupa para o processo de limpeza.

“Eu quero que ele apresente a carta da família autorizando-o naquele dia, porque tem direito a um familiar. Precisa ver o pampeiro que ele fez na UTI, deixando ali não só funcionários como principalmente pacientes despidos. Havia senhora despida ali, sem roupa, fazendo a rotina de um paciente grave de UTI. Ele não respeitou!”, criticou.

O vereador Dr. Luiz Fernando também afirmou que o Conselho Regional de Medicina (CRM) também vai se unir à denúncia. “Ele insinua também e acusa, que o médico, que a equipe médica - depois de dois dias – matou a família dele. Eu quero que o vereador apresente provas reais. Vou apresentar também o pedido de cassação dele, inclusive estarei reunido com o Dr. Diogo, Dr. Adriano e Dr. Vinicius do CRM. O CRM também vai protocolar o pedido de cassação dentro dessa Casa.”

Comissão de Ética

O presidente da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá, Rodrigo de Arruda e Sá (PSDB), afirmou que a denúncia por quebra de decoro contra Marcrean dos Santos foi encaminhada para análise da Procuradoria da Casa. “Estou encaminhando hoje à Procuradoria desta Casa para ver a legalidade documental do processo. Ela vai avaliar se há possibilidade de prosseguir com o trabalho, baseado no boletim de ocorrência.”

A Procuradoria deve remeter a análise até quinta-feira (20) para Comissão de Ética. Segundo ele, também foi informado que o médico iria retirar a denúncia. “Não retornou até agora, então, nós vamos continuar dando prosseguimento ao trabalho.”

Outro lado

Ao , a assessoria informou que o vereador Marcrean dos Santos ainda não irá se pronunciar. 

Leia também: Médico pede cassação do vereador Marcrean Santos por intimidar e ameaçar servidor

 
 
 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760