19 de Junho de 2024
19 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, 22:11 - A | A

Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, 22h:11 - A | A

POLÍTICA

Botelho vê candidatura de Márcia Pinheiro ao Governo como oportunidade para enriquecer debate

O deputado estadual , que é candidato à reeleição, diz que ficou feliz porque não haverá vitória por WO

Jorge Maciel / VGN

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (União), um dos 25 candidatos confirmados, oficialmente, à uma cadeira no Legislativo mato-grossense, nas eleições de outubro, disse durante a convenção do partido na noite desta sexta-feira (05.08),  ter recebido com entusiasmo o surgimento de outra candidatura à sucessão estadual, já homologada, no caso a de Márcia Pinheiro (PV). "Há cerca de dois meses, o que se ouvia falar era de um possível WO, e, eu, particularmente, sempre fui contra candidatura única".

Botelho ponderou, que quanto mais candidatos tiverem na corrida sucessória - melhor para a qualidade do debate. Para ele, ratificada a candidatura de Márica pela federação PT, PV e PC o B, abre oportunidades para comparativos e para que Mauro Mendes [também oficializado candidato à reeleição] possa mostrar o que executou nesses quase quatro anos de Governo.

- "Será um debate entre quem fez e poderá fazer mais e quem nunca fez e apenas promete fazer", declarou. Botelho frisou, entretanto, que apesar da ampla frente de apoio em torno de Mendes, a eleição será, como qualquer pleito, uma parada dura. A frente formada e liderada pelo União aglutina oito legendas. Serão 200 candidatos a deputado estadual e 72 a deputado federal. Isso implica em um grande contigente de pessoas pedindo votos nas ruas e em todos os quadrantes do Estado.

Veja também:  Republicanos oficializa Pivetta novamente à vice e define Senado

Botelho disse lamentar que a proposta de palanque aberto possa não ter a presença do deputado federal e candidato ao Senado, Neri Geller. "É uma pena, lamentamos, até por ele [Neri] tem trânsito com nosso grupo. Mas ele fez sua escolha, o que é natural", afirmou.  "Olha, não se faz omeletes sem quebrar ovos", acrecentou.

Para o Senado,  candidatura oficial do União é Wellington Fagundes (PL), que teve seu nome homologado também nesta sexta-feira (05) pelo seu partido e confirmado na convenção do UB.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760