21 de Julho de 2024
21 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

VGNJUR Domingo, 23 de Outubro de 2022, 10:16 - A | A

Domingo, 23 de Outubro de 2022, 10h:16 - A | A

REPÚDIO

MPMT repudia ataques à ministra Carmem Lúcia feita por Roberto Jefferson

Jefferson chama a magistrada de "bruxa" e a compara com uma "prostituta":

Edina Araújo/VGN

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio de nota, repudiou os atques feitos pelo ex-deputado Roberto Jefferson contra a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmem Lúcia. 

A nota é em reação a um vídeo de Roberto Jefferson postado no último dia 21, no perfil de sua filha, Cristiane Brasil (PTB/RJ), ex-deputada federal, atacando a ministra com palvras de baixo calão. Jefferson está preso desde 13 de agosto de 2021, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, após fazer ataques a ministros do STF. Desde janeiro de 2022, o ex-parlamentar cumpre pena domiciliar e está impedido de fazer publicações em redes sociais, mas usou a conta de sua filha para o ataque.

Jefferson chama a magistrada de "bruxa" e a compara com uma "prostituta": "Lembra mesmo aquelas prostitutas, aquelas vagabundas, arrombad*s" né? Aí que viram para o cara diz: 'E, benzinho, no rabinh*, nunca dei o rabinh*, pela primeira vez. É a primeira vez'. Ela fez pela primeira vez, ela abriu mão da inconstitucionalidade pela primeira vez. Ela diz assim: 'é inconstitucional, censura prévia é contra a súmula do Supremo', mas é só dessa vez benzinho"...

Nota de Repúdio

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso vem a público manifestar o mais eloquente repúdio às declarações absolutamente inaceitáveis e do mais baixo calão do ex-deputado Roberto Jefferson contra a ministra do Supremo Tribunal Federal, Carmem Lúcia.

Além de ofender moralmente a ministra Carmem Lúcia, detentora de uma trajetória jurídica e moral invejável, as nefastas declarações do ex-deputado também trazem em seu bojo fortes ranços de misoginia, ofendendo a todas as mulheres brasileiras.

A liberdade de expressão é valor sagrado do Estado Democrático de Direito, mas deve ser exercida com responsabilidade e respeito, não devendo servir para encobrir ataques de ódio de qualquer natureza.

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por VGN (@vgnoticias.oficial)

 

Leia também

TSE mantém 116 direitos de resposta a Lula e enfraquece Bolsonaro na TV na reta final

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760