15 de Junho de 2024
15 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

VGNJUR Quarta-feira, 20 de Abril de 2022, 16:49 - A | A

Quarta-feira, 20 de Abril de 2022, 16h:49 - A | A

decisão judicial

Fazendeiro que matou onça paga fiança R$ 166 mil é solto com uso de tornozeleira

Fazendeiro ficou dois dias preso suspeito de matar o animal

Lucione Nazareth/VGN

O fazendeiro Benedito Nédio Nunes Rondon, que aparece em um vídeo abraçado a uma onça-pintada morta com um tiro na cabeça, em Poconé (a 104 km de Cuiabá), pagou fiança no valor de R$ 166.852,00 mil e deixou nesta quarta-feira (20.01) a cadeia com uso de tornozeleira eletrônica. A informação é da assessoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Inicialmente, a juíza Kátia Rodrigues Oliveira, determinou em audiência de custódia na última segunda-feira (18.04) a soltura de Benedito Nédio sob a condição de pagamento de fiança no valor de R$ 500.556,00 mil (413 salários mínimos). Porém, a defesa dele entrou com recurso e o valor da fiança foi reduzido em 2/3 passando para o valor de R$ 166.852,00.

Leia Mais - Matador de onça não paga fiança e juíza mantém prisão e nega prorrogar prazo

O fazendeiro ainda deverá cumprir outras medidas cautelares, além do monitoramento eletrônico, sendo elas: proibição de frequentar bares ou estabelecimentos que comercializem bebida alcoólica e ou drogas; não alterar seu endereço sem prévia comunicação a este Juízo; e não praticar nenhuma espécie de crime.

Entenda - Benedito Nédio é acusado de crime ambiental por ter, supostamente, matado uma onça pintada em Poconé. Ele fez uma filmagem na qual aparece abraçado ao felino morto, com uma arma e zombando do mesmo.

No vídeo, ele alega “agora o bicho não vale nada”. Ele teria matado o animal porque ela estaria matando gado na região. O vídeo viralizou e logo o homem passou a ser investigado.

A Justiça decretou a prisão do fazendeiro e ele passou dias foragido. Benedito se entregou na segunda (18). Na delegacia, ele negou que tenha matado o animal e afirma que o encontrou já sem vida no caminho para sua propriedade.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760