22 de Junho de 2024
22 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Quinta-feira, 28 de Abril de 2022, 16:20 - A | A

Quinta-feira, 28 de Abril de 2022, 16h:20 - A | A

Mauro x Emanuel

Vereadora chama governador e prefeito de “moleques” e afirma que rivalidade prejudica até entrega de cestas básicas

Segundo a vereadora Edna Sampaio (PT), por falta de comunicação com o município, grupos recebem até seis cesta básicas, enquanto outros nada

Adriana Assunção/VGN

A vereadora de Cuiabá, Edna Sampaio (PT), usou a tribuna da Câmara Municipal nesta quinta-feira (28.04) para “puxar a orelha” do governador Mauro Mendes (União Brasil) e do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). Segundo ela, a rivalidade política pessoal contamina a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social.

Edna Sampaio  enfatiza que por falta de comunicação com o município, grupos recebem até seis cestas básicas, enquanto outros nada. Ela denuncia que a falta de comunicação está prejudicando a população cuiabana. "Isso é um absurdo”, exclamou.

Não podemos permitir que uma Secretaria Estadual se comporte como rival, concorrente com a Secretaria Municipal

Conforme ela,  a “briga” entre o prefeito e o governador se trata de “molecagem” e os dois se comportam como se o recurso público fosse particular. “Não podemos permitir que continuem com essa molecagem, enquanto a população sofre. Não admito estar aqui como vaca de presépio enquanto os dois meninos brigam, como se recurso público fosse recurso deles e não é. É recurso da população e temos que brigar para que a população seja assistida.”

Leia também: Com saúde mental abalada, Emanuel aciona Mendes na Justiça

Indignada com a falta de comunicação que interfere até mesmo na entrega dos cartões do Programa Ser Família Emergencial, a vereadora convidou os colegas para intervir nessa situação. “Eu soube inclusive que os cartões de transferência de renda do Estado, nem sequer são entregues para o Cras. Eles são entregues para associação de moradores. O Governo do Estado está fazendo uma política direcionada para o ente privado em detrimento da competência do ente público. Isso é um crime contra a população de Cuiabá, não podemos permitir que essa situação se prolongue”, criticou.

Leia mais: Mendes diz que Fórum Sindical perde credibilidade ao “abraçar” Emanuel: “Pior símbolo da política”

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760