16 de Julho de 2024
16 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 16:53 - A | A

Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 16h:53 - A | A

exploração sustentável

Comissão do Senado vota Estatuto do Pantanal nesta quarta-feira

Caso não haja pedido de vistas, os senadores poderão votar a matéria em caráter terminativo

Redação/VGN

A Comissão de Meio Ambiente do Senado deve iniciar nesta quarta-feira, 19, a apreciação do projeto de lei que estabelece o Estatuto do Pantanal. De autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT), o projeto de lei 5482/2020 é relatado pelo senador Jayme Campos (União-MT), que apresentou substitutivo integral a matéria, com parecer favorável a aprovação. Caso não haja pedido de vistas, os senadores poderão votar a matéria em caráter terminativo, ou seja, sem necessidade de ser levada a plenário. Aprovada, vai a votação da Câmara dos Deputados.

O Estatuto do Pantanal pretende disciplinar a conservação, a proteção, a restauração e a exploração sustentável do bioma, de forma a compatibilizar o Código Florestal e as leis elaboradas pelos dois estados que abrigam o bioma, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O objetivo, segundo Jayme Campos, é de promover políticas públicas e de integração para a proteção e desenvolvimento dessa aárea, que abrange Mato Grosso do Sul (65%) e Mato Grosso (35%), com presença ainda na Bolívia e no Paraguai.

Considerado o “santuário da biodiversidade”, o Pantanal é destacado como Patrimônio Nacional pela Constituição e declarado Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). É o menor de todos os biomas brasileiros e único que não conta com legislação específica.

“Com a possível votação do projeto nesta quarta-feira, o Senado cumprirá com muita antecedência o prazo estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal para que o Legislativo apresentasse, em 180 dias, uma legislação para o bioma. Acima de tudo, um projeto feito por várias mãos, tratado com muita responsabilidade” – frisou Jayme Campos.

O senador mato-grossense fez questão de destacar que o substitutivo apresentado traz considerações dos principais atores que vivem na região. Em dez audiências públicas, foram ouvidos as populações originárias, quilombolas, ribeirinhos, proprietários rurais, donos de pousadas, guias turísticos, entre outros.

A discussão e votação do projeto poderá ser acompanhado ao vivo pela TV Senado e Rádio Senado ou ainda pelo YouTube do Senado Federal.

> Data: 19 Jun 2024
> Horário: 9 horas – horário de Brasilia
> ITEM 1
> PROJETO DE LEI N° 5482, DE 2020 - Terminativo –
> Dispõe sobre a conservação, a proteção, a restauração e a exploração sustentável do bioma Pantanal e altera o art. 36 da Lei nº 9.985, de 18 de julho de 2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza.
> Autoria: Senador Wellington Fagundes
> Relatoria: Senador Jayme Campos
> Relatório: Pela aprovação nos termos do substitutivo

Leia também - Projeto de lei proíbe cobrança de diárias em pátios nos finais de semana

 
 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760