24 de Junho de 2024
24 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Cidades Domingo, 29 de Maio de 2022, 17:47 - A | A

Domingo, 29 de Maio de 2022, 17h:47 - A | A

EXCLUSIVO - VEJA VÍDEO E RELATO DA AVÓ

Mulher que recebeu ajuda após tentar suicídio em VG, vende tudo que ganhou e abandona filhos com avó

Ela contou que desde que tudo aconteceu, quando a vida deles tinha mudado, eles deixaram o bairro do São Matheus para morar no Jardim Paula II

Gislaine Morais/VGN

Uma história que para muitos teve um desfecho feliz, digno de enredo de conto de fadas, onde uma jovem de 25 anos, mãe de cinco filhos, que desesperada, sem saber o que colocar na mesa para aquelas crianças, tentou tirar própria vida, mas conseguiu dar a volta por cima após ser salva por policiais.

A história de Larissa Campos comoveu a sociedade, políticos, anônimos, entre tantas pessoas, que foram até a humilde casa onde a jovem morava com o marido, os filhos e mãe e ajudaram incondicionalmente esta família. Contudo, passado cinco meses, o que parecia um final “feliz”, se tornou um pesadelo para dona Giordana Cristina Campos, 47 anos, mãe da Larissa.

Leia matéria relacionada - “É ruim passar dificuldades, ver seu filho chorar e não ter o que dar”, diz Larissa após tentativa de suicídio

Com exclusividade, o conversou nessa sexta-feira (27.05), com dona Giordana Cristina Campos, a mãe da Larissa, e ela contou que a filha, desde o início que ganhou ajuda com cestas básicas, móveis e dinheiro, “torrou tudo”, além de abandonar a mãe e os filhos sem nada. Hoje, Giordana está morando de favor na casa de irmã com três netos, na rua Mario Salles Rodrigues, quadra 124 , casa 15, bairro Jardim Paula II, Várzea Grande. 

Mesmo com medo de perder as crianças para Conselho Tutelar, como disse ela, a dona de casa resolveu contar toda história, pois hoje não sabe o que fazer para sustentar, dar moradia para esses netos. Estão vivendo com ela, um menino de 3 anos, de 7 anos e uma menina de 9 anos, que, segundo a avó não estão nem estudando, pois, não tem condições para comprar material escolar, roupas e sapatos aos netos.

“Ganhamos bastante coisa, teve dinheiro na conta que ela comprou máquina, centrífuga, armário de cozinha, guarda-roupa. Mas depois ela vendeu tudo, deixou na casa só geladeira e fogão, ela também queria vender, mas eu não deixei”, contou.

Giordana disse que falou para filha como ela iria vender a geladeira e o fogão, se são coisas importantes para as crianças. “Você vai acabar com tudo as coisas e vai deixar eu e as crianças sem nada. E ela falava se vira porque tudo aqui é meu, tudo foi eu que ganhei. Assim que ela falava para mim”.

Questionada pelo quando Larissa teria abandonado as crianças com a mãe, dona Giordana contou que foi esse mês que ela saiu da casa, levando apenas um filho de quase 2 anos. Giordana ressaltou que sempre foi assim, que Larissa só ficava na casa quando não tinha dinheiro para nada, e que quando conseguia, saia para o mundo e abandonava a casa e os filhos.

Ela contou que desde que tudo aconteceu, quando a vida deles tinha mudado, eles deixaram o bairro do São Matheus para morar no Jardim Paula II. “Quando chegamos aqui ela já começou a desandar. A primeira coisa que ganhamos foi uma máquina de lavar que faz tudo, esse foi o primeiro que ela vendeu. E o dinheiro ela foi gasta com as amigas dela. Minha filha é daquelas, que quando eu vou falar as coisas, ela pega as coisas para jogar na minha cara. Ela pega a faca para xuxar eu. Assim que ela é comigo”, desbafou.

Indagada qual seria o paradeiro de Larissa, Giordana disse que não tem ideia de onde a filha está. “Hoje ela recebeu o dinheiro do Bolsa Família, mas ela não leva um tostão de dinheiro para eu comprar as cosias para as crianças. As crianças pedem as coisas e eu não tenho”, disse ela chorando.

A mulher ainda disse que chegou a conversar com o pai das crianças, mas ele disse que não ia ajudar em nada, e ainda tirou ela da casa onde ficava com os menores. Hoje a avó com as crianças moram de favor na casa da irmã de Giordana, sem nenhuma renda.

Dona Giodarna disse que no domingo (22), a mãe do genro teria ido até à casa e levado uma das crianças para morar com o pai. Sem conseguir conversar, pois, chorava muito, dona Giordana disse que não quer perder os netos e que vive para eles.

“Eu não quero ficar sem as crianças, eu quero a guarda delas para eu poder cuidar dos meus netos. Se eu ficar longe deles, não sei nem se consigo viver. Eles são minha vida”, desabafou a Giordana.

Quem tiver interesse em ajudar, pode entrar em contato com a sobrinha da dona Giordana, pelo telefone ???? (65) 98171 2803

Outro lado - A reportagem do , tentou localizar Larissa para falar com ela, mas não teve êxito.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760