14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Sábado, 08 de Janeiro de 2022, 08:25 - A | A

Sábado, 08 de Janeiro de 2022, 08h:25 - A | A

COVID PODE EXPLODIR

Presidente da Comissão de Saúde da ALMT defende que prefeitos de MT cancelem Carnaval

Deputado contou que recentemente conversou com uma pessoa que estava em uma festa com outras 30 pessoas, e ao final do evento 16 pessoas testaram positivo

Lucione Nazareth & Kleyton Agostinho/VGN

VGN / VG Notícias

Dr.João

 Deputado contou que recentemente conversou com uma pessoa que estava em uma festa com outras 30 pessoas, e ao final do evento 16 pessoas testaram positivo

 

 

Devido à disseminação da Covid-19 e, principalmente, da alta nos casos da nova cepa do vírus influenza, denominada H3N2, um subtipo do vírus influenza A, conhecido como Darwin, o deputado estadual, João José — conhecido como Dr João (MDB), defende que o governador Mauro Mendes (DEM) encaminhe aos prefeitos dos 141 municípios, recomendação para cancelarem o Carnaval pelo segundo ano consecutivo. A festa está prevista para ocorrer entre os dias 25 de fevereiro e 5 de março.  

O parlamentar, presidente da Comissão de Saúde, da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), declarou que casos de Covid podem “explodir” com a festa de rua nos municípios mato-grossenses, por isso, é preciso que o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT) orientem os prefeitos a cancelarem a festividade.  

No fim do ano passado, o Governo do Estado orientou os gestores municipais a suspenderem as festas de Natal e de Réveillon, como medida de prevenção contra a disseminação do coronavírus.  

“Tem que orientar os prefeitos de novo. O carnaval aqui (Cuiabá) se não me engano já foi suspenso. Eu acredito que no Brasil inteiro está sendo suspenso. Se uma festa de Natal e Ano Novo deu todos os problemas que deram, você imagina uma festa de Carnaval que vai dar problema. A opinião da Comissão de Saúde da Assembleia é realmente orientar fazer uma nota com o Governo do Estado e com a Secretaria Saúde do Estado, justamente para evitar esses problemas”, declarou.  

João contou, que recentemente, conversou com uma pessoa que estava em uma festa com outras 30 pessoas, e ao final do evento, 16 pessoas testaram positivo para Covid-19, ou seja, mais da metade dos frequentadores da festividade, o, que, segundo ele, demonstra o período da propagação do vírus com a liberação e realização desta categoria de evento.  

“Todo mundo julgou que a pandemia acabou e a prova é que não acabou. Conversei com uma pessoa que estava com mais 30 em uma festa e 16 foram contaminados. Quer dizer tem que tomar cuidado. Nós estamos em uma pandemia. O coronavírus estava quietinho e o número de casos vem aumentando. Então temos que tomar cuidado”, encerrou.

Leia Também - Deputado alerta que casos de Covid crescem 300% por dia em MT: "A sorte é de quem se vacinou"

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760