13 de Junho de 2024
13 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Domingo, 24 de Julho de 2022, 07:00 - A | A

Domingo, 24 de Julho de 2022, 07h:00 - A | A

"Fácil colocar culpa na Petrobras"

Pivetta diz que Estado é muito caro e defende redução de impostos para baratear combustíveis

"A culpa é do Estado brasileiro manter alta tax de tributaçãoser muito caro. Os tributos são muito altos", disse Pivetta

Lucione Nazareth & Kleyton Agostinho/VGN

O vice-governador Otaviano Pivetta (Republicanos) saiu em defesa da Petrobras e disse que o principal culpado pelo preço dos combustíveis ter estado nas alturas nos últimos meses é do Estado por “arrecadar muito com impostos e entregar pouco à população”. A declaração de Pivetta vai contra a opinião do governador Mauro Mendes (União) que foi “taxativo” ao atribuir a alta do valor dos combustíveis à política de preços da Petrobras.

Ele afirmou que discorda do governador e que a alta de preços ocorre porque o “Estado brasileiro é muito caro, assim pela existência de tributos muitos altos”.

Ainda segundo ele, é preciso que o Estado realize adequações visando cobrar menos impostos e que desta forma irá baratear combustíveis e outros bens e serviços em prol da população.

“É muito fácil colocar culpa na Petrobras e nos combustíveis. Não concordo com o governador. Minha opinião, não. A culpa é do Estado brasileiro ser muito caro. Os tributos são muito altos. O Estado entrega pouco por aquilo que ele arrecada. Então se o Estado se habituar, diminui-se de tamanho poderia cobrar menos impostos e tudo sairia mais barato e não só petróleo”, declarou o vice-governador.

Leia Também - Pivetta afirma que precisa conversar com Mauro sobre ser vice e nega racha no agro em MT

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760