14 de Junho de 2024
14 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Terça-feira, 19 de Julho de 2022, 10:41 - A | A

Terça-feira, 19 de Julho de 2022, 10h:41 - A | A

nada definido

Pivetta afirma que precisa conversar com Mauro sobre ser vice e nega racha no agro em MT

"Vou aguardar ele me convidar, e depois vamos conversar”, disse Pivetta sobre possibilidade de manter “dobradinha” Mauro Mendes

Lucione Nazareth & Kleyton Agostinho/VGN

O vice-governador Otaviano Pivetta (Republicanos) evitou na noite dessa segunda-feira (18.07), falar sobre a possibilidade de manter a “dobradinha” com o governador Mauro Mendes (União), visando o projeto de reeleição, e que ainda precisa conversar com atual Chefe do Executivo Estadual para tomar uma “decisão final”.

Na noite de ontem, ao comunicar oficialmente sua pré-candidatura à reeleição, Mauro declarou que deseja ter Otaviano Pivetta como seu vice. Leia Mais - Acompanhado de Virgínia, Mauro anuncia em coletiva candidatura à reeleição

Apesar do convite formal, o vice-governador preferiu adotar um discurso cauteloso: “Eu não decidi ainda. No momento certo vou me pronunciar ainda. (...) Minha disposição [sobre ser vice de Mauro] de 0 a 10 é 5, ou seja, no meio da caminhada. Eu ainda não falei com Mauro ainda. Aguardarei ele me convidar, e depois conversaremos”.

Ele ainda acrescentou: “Para mim o mais importante é o Mato Grosso seguir neste ritmo. A direção está certa. Isso é o mais importante, o resto é detalhe”.

Pivetta ainda negou “racha” no setor do agronegócio, em decorrência de algumas líderanças políticas do setor como ex-governador Blairo Maggi e Eraí Maggi apoiarem a pré-candidatura de Lula; e outras como o ex-presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvão e o próprio Pivetta pretendem apoiar o presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Não estou vendo divisão do agronegócio. Mas, essa questão do Lula e Bolsonaro a divisão é natural, não existe unanimidade. Se houver unanimidade é burra também, está tudo certo. (...) Sempre falei que sou contrário à volta do Lula, o Brasil não precisa de retrocesso institucional. Ele fala em controlar a imprensa, as Forças Armadas, comunismo, controlar o preço da Petrobras”, finalizou.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760