17 de Junho de 2024
17 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Quinta-feira, 14 de Julho de 2022, 08:54 - A | A

Quinta-feira, 14 de Julho de 2022, 08h:54 - A | A

palanque aberto

Carvalho cita compromisso de Mauro com Bolsonaro, mas vê normalidade em receber outros presidenciáveis

Carvalho relatou que a convenção do União Brasil em Mato Grosso foi marcada para 29 de julho

Adriana Assunção & Kleyton Agostinho/VGN

O coordenador do partido União Brasil e ex-secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, defendeu a manutenção com os partidos aliados e respeito às pré-candidaturas à Presidência da República, para agregar o palanque do governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União), possível candidato à reeleição nas eleições deste ano.

“Manter esse grupo unido que está com ele desde o primeiro dia da gestão. Mesmo esse grupo não estando com ele na eleição de 2018, mas aderiram logo no primeiro ano de 2019. Então, o grande objetivo do governador é manter essa união nessa aliança partidária nas eleições de 2022”, declarou o coordenador da sigla.

Carvalho relatou que a decisão sobre “palanque aberto” será oficializada nos próximos dias, segundo ele, antes da convenção do União Brasil, marcada para dia 29 de julho.

“A decisão se realmente queremos três senadores em nossa chapa, ou apenas um, a política é a arte do diálogo, então, nada mais justo que convocar todos para sentar na mesma mesa de forma responsável e coerente, logicamente, tentar construir uma unidade. Tudo é possível, nós trabalharemos sempre por unidade, se não for possível, o governador Mauro Mendes tomará outra decisão”, avaliou Mauro.

O palanque dos candidatos a governador sempre receberá todos os candidatos. Agora, o candidato a governador tem preferência por um candidato, mas nada impede de receber os demais

Segundo Carvalho, mesmo alinhado com o presidente Jair Bolsonaro (PL), o governador irá respeitar as candidaturas dos partidos aliados, como por exemplo, o MDB com a pré-candidata à Presidência da República, a senadora Simone Tebet (MDB-MS).

Leia também: Tebet propõe "manifesto pela paz nas eleições" e conclama candidatos aceitarem resultado ds uarnas

“Em 2018 o governador Mauro Mendes, quando foi reeleito, recebeu vários candidatos presidentes da República em seu palanque em Mato Grosso, porque seu arco de aliança contemplava vários partidos que tinham candidatos a presidente, por exemplo, o MDB está firmado com a aliança com o governador e tem uma candidata a presidente, a Tebet, que tem que ser respeitada. Então, isso é perfeitamente normal. A posição do governador é continuar cumprindo o compromisso de apoio ao presidente Bolsonaro“, declarou.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760