14 de Junho de 2024
14 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Cidades Terça-feira, 01 de Dezembro de 2015, 19:43 - A | A

Terça-feira, 01 de Dezembro de 2015, 19h:43 - A | A

CONSCIENTIZAÇÃO

"Placar da Vida" quer reduzir em 20% número de mortes no trânsito

O objetivo destes equipamentos é salvar vidas, destaca o presidente da AFVV, Heitor Reis

Secom/Cuiabá

A Prefeitura de Cuiabá e a Associação de Famílias Vítimas de Violência (AFVV), juntamente com parceiros como o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Secretaria Estadual de Saúde e secretarias municipais, lançaram nesta terça-feira (01.12) a campanha “Placar da Vida”, com a meta de reduzir em 20% o número de mortes em acidentes de trânsito na Capital. E o “Marco Zero” da campanha inicia no mesmo dia em que 30 novos equipamentos de fiscalização eletrônica instalados na cidade começaram a registrar infrações de trânsito, caso o motorista tenha cometido alguma irregularidade.

De acordo com dados da Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica), de janeiro a outubro deste ano já morreram 214 pessoas em acidentes de trânsito em Cuiabá. Os resultados das ações de conscientização poderão ser conhecidos por meio do Placar da Vida, que serão visualizados nos painéis de LED instalados em dois pontos da cidade e que mostrarão o número de dias sem a ocorrência de mortes nas ruas e avenidas da Capital.

“Esta é uma ação importantíssima e o objetivo é sensibilizar a sociedade cuiabana a adotar uma atitude consciente em relação à preservação da vida”, disse o secretário de Mobilidade Urbana, Thiago França.

Os painéis, que veiculam mensagens educativas e também servirão para orientar os motoristas em relação ao trânsito, trazem a chamada “PLACAR DA VIDA – 00 dia sem vítimas fatais no trânsito”. O lançamento da campanha foi próximo ao viaduto da Miguel Sutil, onde está instalado um dos painéis, denominados PMV (Painel de Mensagem Variável). O outro painel está localizado na avenida Fernando Corrêa da Costa, após o 9º BEC, sentido centro.

O presidente da AFVV, Heitor Reis, que participou do lançamento da campanha Placar da Vida, calcula que desde 1998,quando foi fundada a associação, já tenham morrido nas vias de Cuiabá e de Várzea Grande mais de 1.000 pessoas, vitimas de acidentes de trânsito. Por isso, ele defende a utilização de equipamentos eletrônicos (radares, avanços semafóricos e lombadas eletrônicas) como medida para coibir excessos de velocidade.

“O objetivo destes equipamentos é salvar vidas. A multa é uma consequência, quem obedece às leis de trânsito não leva multa. Se salvar uma vida, terá valido a pena. Muitas vezes, as pessoas valorizam mais o carro, o patrimônio, do que a própria vida. E esta campanha, junto com a Semob, é muito importante; visa conscientizar as pessoas a dar valor à vida”, afirmou Heitor, cuja associação, que preside, representa mais de 1.500 famílias de Mato Grosso, atingidas de alguma forma pela violência, principalmente a violência no trânsito.

Para o diretor de Trânsito da Semob, Gustavo Albino, a campanha, em conjunto com a associação, é uma forma de conscientizar a população na missão de reduzir o número de mortes no trânsito. Ele ressaltou que tanto os equipamentos eletrônicos, como outras medidas adotadas pela Semob, visam à preservação das vidas dos condutores e dos pedestres.

“É um projeto que está começando, mas é grande e visa trabalhar a conscientização das pessoas que deem preferencia à vida ao invés da velocidade. Que dirijam com prudência, não se arrisquem, porque o carro utilizado de forma errada vira uma arma, causa mortes e queremos zerar isto em nossa cidade”, disse o diretor.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760