15 de Junho de 2024
15 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Cidades Segunda-feira, 14 de Março de 2022, 11:00 - A | A

Segunda-feira, 14 de Março de 2022, 11h:00 - A | A

VEJA VÍDEO

Muro da Escola Militar Tiradentes em VG desaba e destrói casa vizinha à escola

A casa atingida fica na lateral da Escola Tiradentes, na rua Pedro Pedrossiam, esquina com a rua Ipiranga

Edina Araújo & Adriana Assunção/VG Notícias

O muro da Escola Estadual Militar Tiradentes Tenente Coronel Louirson Rodrigues Benevides, (antiga Escola Nadir de Oliveira) em Várzea Grande, desabou na madrugada desta segunda-feira (14.03) com a chuva e destruiu uma das casas vizinhas à escola. A proprietária da casa, Elizabeth Fortes estava com três netos no momento do acidente.

Ao , o neto de Elizabeth, Carlos relatou que com a queda do muro, a casa foi invadida pela água. “Chegando a água numa altura considerável destruindo tudo. Todos os móveis foram perdidos”, contou.

Segundo Carlos, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros foram acionados. Imagens recebidas pela reportagem mostra a noite de terror vivida pela moradora. Ela teve a cozinha destruída e tomada pelos entulhos do muro. A casa atingida fica na lateral da Escola Tiradentes, na rua Pedro Pedrossiam, esquina com a rua Ipiranga, bairro Jardim Glória I.

“Houve uma tragédia muito grande em minha casa, um dano muito grande. A meia noite, o muro do colégio aqui, eu moro há 45 anos. Há quatro anos atras esse muro caiu, eu consegui arrumar, fui na escola, falei com a secretária da escola, que precisava de apoio de socorro deles, não tenho pai, não tenho filhos, Jesus que cuida de mim, e tenho duas netas menores, ninguém tomou previdência. Quando foi essa noite, acordei com o grito de minha neta pedindo socorro estava a água em cima do peito”, relatou Elizabeth.

Elizabeth disse que o muro acabou com a lateral esquerda de sua casa. "Quebrou tudo, acabou com a geladeira, com a televisão, acabou com a cama, acabou com o guarda roupa, com a geladeira, bujão, fogão, ventilador, portão, sofá, destruiu tudo, não sei onde começar”, desabafou Elizabeth Fortes.

Já a moradora Jully ao , contou que o muro da escola abrange uma quadra - e ao fundo - faz divisa com diversas casas – e, conforme ela, nunca foi feito nenhum procedimento para escoar a água.

“Nunca fizeram drenagem, nunca colocaram uma manta para proteger. Nós que moramos aqui, sempre pedimos para que fizessem esta manutenção para água escoar, até existe um bueiro, mas como tem muita árvore aqui, com a chuva o bueiro ficou entupido. As árvores estão grandes, temos medo de que estas árvores caiam em cima de nossas casas também. Estamos cansados de pedir para que resolvam esta situação”.

Jully falou do medo que a família sente das árvores que nunca foram podadas e do muro sem manutenção desabar em cima da casa dela. “O muro caiu na casa da vizinha e destruiu toda a casa dela – a sorte é que não atingiu o quarto que não ficava próximo ao muro – mas o meu fica e estou muito preocupada. Esperamos que o poder público tome providências antes que algo ruim ocorra conosco também. Eles nunca mantiveram limpo, nunca ouviram a população, todos nós estamos correndo risco por falta de sensibilidade. Este bueiro não tem manutenção. Nossa parede está toda infiltração. Até o rejunte de nossa casa começa a minar água. As mangueiras são enormes e nunca foi podada, estamos com muito medo e precisamos urgente que olhem por nós”, desabafou a moradora Jully.

Outro lado – A reportagem do , entrou em contato com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para saber quais providências serão tomadas em relação aos estragos causados pelo desabameno do muro, até o fechamento da matéria não houve retorno.

A reportagem também falou com o secretário municipal de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, que ficou de enviar uma equipe no local para ver a questão das árvores.

Leia também

Três acidentes são registrados nesta manhã em VG; um com vítima fatal

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Álbum de fotos

VGN

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760