13 de Junho de 2024
13 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Brasil Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2022, 15:00 - A | A

Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2022, 15h:00 - A | A

boletim

Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave têm alta em MT, alerta Fiocruz

Fiocruz apresenta tendência “pós-epidêmica” de influenza

Lucione Nazareth/VGN

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alerta que os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em Mato Grosso apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo (últimas seis semanas). A informação consta do Boletim InfoGripe publicado nesta segunda-feira (14.02).

Os dados são referentes à semana entre 30 de janeiro a 5 de fevereiro. De acordo com o documento, de 01 de janeiro até o último dia 05, foram notificados 48.008 casos de SRAG, sendo 25.223 (52,5%) com resultado laboratorial positivo para algum vírus respiratório, 10.756 (22,4%) negativos e ao menos 8.597 (17,9%) aguardando resultado laboratorial.

O boletim indica que nas últimas quatro semanas os casos de Covid-19 representam a maioria das ocorrências de Síndrome Respiratória Aguda Grave, com a proporção de 87,4% de Sars-CoV-2 dentre os casos positivos, enquanto se registrou 3,9% influenza A, 0,1% influenza B e 1,4% vírus sincicial respiratório.

Em relação à evolução dos casos e óbitos, os pesquisadores apontam um cenário nacional de interrupção do crescimento em todas as faixas etárias da população adulta. Na faixa etária de 20 a 29 anos, que já havia iniciado processo de queda no início de janeiro, observa-se possível interrupção na tendência de queda. Entre crianças e adolescentes (0 -17 anos) verifica-se manutenção da tendência de queda iniciada na virada do ano.

Nos casos associados a outros vírus respiratórios verificou-se um aumento significativo de casos associados ao vírus influenza A (gripe) ao final de novembro e ao longo de dezembro, tendo inclusive superado os registros de Covid-19 em algumas semanas.

“Embora os dados associados às últimas semanas ainda sejam parciais, há indícios de que a epidemia de influenza já tenha retornado a volumes basais, pós-epidêmicos, tendo atingido o pico de casos nas últimas semanas de dezembro, embora a situação de cada estado seja ligeiramente distinta para cada território. Em relação à Covid-19, os dados relativos ao final de dezembro e à primeira semana de janeiro apontam para a retomada do cenário de predomínio da Covid-19 e manutenção do crescimento até o momento em alguns estados, porém já com sinal de interrupção no agregado nacional”, diz trecho do boletim.

Leia Também - Em Cuiabá, quase 170 pessoas são internadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760