22 de Junho de 2024
22 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Quinta-feira, 19 de Maio de 2022, 16:49 - A | A

Quinta-feira, 19 de Maio de 2022, 16h:49 - A | A

Filiado ao MDB

Para evitar cassação, vereador afirma que deixou PROS com anuência da executiva

O Pros alegou infidelidade partidária pedindo a cassação do mandato, sob a alegação de que o vereador se desfiliou sem justa causa

Adriana Assunção/VGN

Sob ameaça de cassação de mandato, o vereador Sargento Vidal (MDB) apresentou carta de anuência assinada pelo presidente nacional do Pros, Marcos Vinícius Chaves de Holanda, no dia 31 de março deste ano. Segundo Vidal, a carta foi apresentada pelo MDB ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) como defesa na ação movida pelo Pros no dia 02 de maio.

O Pros alegou infidelidade partidária pedindo a cassação do mandato, sob a alegação de que o vereador se desfiliou sem justa causa.

"Quando saí do Pros, não tive nenhum problema junto ao presidente nacional que me deu a carta de anuência registrada e reconhecida firma em cartório. Em Cuiabá, registrei a fé pública do cartório de Brasília. Portanto, a minha saída do Pros é legal, pois o partido não pretende construir uma legenda em Mato Grosso e tenho pretensões políticas nas próximas eleições", declarou.

Segundo Vidal, o juiz membro do TRE Fabio Henrique Rodrigues Moraes Fiorenza indeferiu o pedido de suspensão do mandato do vereador.

Leia também: Wilson cita interesses de mineradores em extinguir Parque Ricardo Franco: "Defendo a manutenção do parque"

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760