24 de Junho de 2024
24 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Quarta-feira, 25 de Maio de 2022, 13:50 - A | A

Quarta-feira, 25 de Maio de 2022, 13h:50 - A | A

SUCESSÃO ESTADUAL

Dividido, PT lança candidaturas majoritárias e espera homologação no encontro de domingo

Os três candidatos ao Governo e Senado mostrados nesta 4ª pela ala liderada por Lúdio serão medidos pela outra frente que quer ampliar debate com o PV e PSDB

Jorge Maciel/ VGN

O PT – Partido dos Trabalhadores – vai listar dois nomes para Governo, Domingos Sávio e Reinaldo  Araújo, e um para o Senado, James Cabral, cuja lista será avaliada por 138 delegados do partido no encontro estadual que acontece neste próximo domingo (29.05).

Essa pelo menos é a proposta do grupo encabeçado pelo deputado Lúdio Cabral, líder do PT na Assembleia Legislativa. De um outro lado, há um outro grupo, chamado de majoritário, encabeçado pela deputada federal Rosa Neide e pelo presidente do partido Valdir Barranco, que já deram declarações de que a lista apresentada por Lúdio na coletiva concedida em seu gabinete nesta quarta-feira precisa ser examinada com mais profundidade e melhores critérios. Ambos também trabalham para que os partidos da federação sejam ouvidos¨.

Leia também:  Com decreto de teletrabalho, deputados mantêm veto à redução de carga horária para servidor com filho deficiente

Na semana passada, a ala liderada por Cabral registrou as três candidaturas majoritárias no TRE. Isso posto, o deputado espera que haja uma disputa acirrada internamente em relação a essas candidaturas, mas a chapa de pré-candidatos proporcionais está definida e está em consenso: o PT terá 25 candidatos a deputados estaduais, nove a federais. A questão de Domingos Sávio, Reinado Araújo e James Cabral ainda precisa passar na avaliação dos delegados, o que será no domingo próximo. "A lista está em aberto", definiu o deputado.

Na coletiva desta quarta-feira, a discussão também foi direcionada para o papel do Partido Verde (PV) e Partido da Social Democracia do Brasil (PSDB), partidos que compõem a federação a que o PT está incluso. James Cabral, pretenso candidato ao Senado e irmão do deputado Lúdio Cabral, concorda com uma discussão mais aprofundada em torno das candidaturas a vice-governador e suplência de senador, sim, mas afasta a ideia do presidente do PV e vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa, ser escalado para cargos majoritários.

- “Precisamos fazer frente ao governo Mauro Mendes e não vejo Stopa como essa alternativa”, disse ele. Já Domingo Sávio defende que o PT deve liderar a chapa, seja quais nomes forem indicados pelos delegados e convencionais.

Estrutura e logística

O PT argumenta que não tem o poderio econômico que o eventual candidato à reeleição, Mauro Mendes, e seu grupo possuem, mas possui uma ferramenta que tem muito mais valor e que é imprescindível em qualquer pleito: a militância e a estrutura em todo o Estado, com diretórios formados e bases muito bem assentadas.

Reinado Araújo, por exemplo, fez um flashback a partir de eleições anteriores com Serys Shessarenko, Carlos Abicalil, Verinha Araújo e o próprio Lúdio Cabral – que perdeu as eleições para o próprio Mendes por Mendes, em 2012, com menos de  2%, no segundo turno, contando apenas com a militância.

O PT repetiu a máxima que vem usando em seus encontros e debates segundo a qual o partido tem estrutura humana e logística para encarar a candidatura do agronegócio e por consequência dos ricos – referência a Mauro Mendes.

-“Somos o partido dos negros, dos desvalidos, dos esquecidos, da cultura, da habitação popular. Eles [o União Brasil] têm os especuladores, os herdeiros, os grandes empresários e o agronegócio, mas não têm a simpatia popular, não têm compromisso com a justiça social. Apostamos nisso”, disse Cabral.                      

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760