19 de Junho de 2024
19 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Cidades Sábado, 15 de Janeiro de 2022, 10:23 - A | A

Sábado, 15 de Janeiro de 2022, 10h:23 - A | A

Em Dedetização

Famílias alojadas em Ginásio de VG acusam secretário de tratá-las “pior que cachorro”

A moradora conta que a equipe da Prefeitura de forma ríspida colocou todos para fora, mesmo com chuva

Adriana Assunção/VGN

Com o Ginásio Valdir Pereira no bairro Mapim, em Várzea Grande, cheio de baratas, as famílias despejadas do Residencial Colinas Dourada, que residem no local, reclamam do atendimento do secretário de Governo de Várzea Grande, Dito Loro, durante a dedetização realizada à pedido da Prefeitura Municipal.

“Estamos sendo tratados iguais cachorro, nem cachorro é tratado dessa maneira. Eu pedi tenda na Prefeitura e nem isso eles mandaram. Havia pessoas comendo praticamente com as baratas, com aranha e com sapos, somos seres humanos”, relatou a moradora Raiane Cristina.

Conforme relato da moradora, o secretário pediu aos moradores que ficassem 48 horas fora, entretanto, ela informou Dito Loro que não tinham para onde ir. Para resolver a situação, os moradores solicitaram uma tenda para abrigar as famílias com crianças, mas o pedido foi ignorado pelo secretário.

Leia também: Max descarta federalização com PT de Lula e diz que união pode “afundar” projeto político do PSB em MT

Ela explica que a equipe da Prefeitura de forma ríspida colocou todos para fora, mesmo com chuva, para fazer dedetização.

“Como não tínhamos para onde ir, pedi que arrumasse duas tendas grandes. Nós iríamos colocar ao lado do Ginásio para ficarmos lá. Eles não mandaram a tenda e chegaram ontem dizendo que era para sair para fora do ginásio e colocaram todos na área do mercado. Falaram todos fora, naquela chuva, naquela humilhação e orientaram que o retorno era somente após três horas depois da dedetização”, contou a moradora, destacando que o secretário mudou a orientação inicial, que antes era de 48 horas.

Outro lado – O tentou contato com o secretário, Dito Loro, que informou não ter acompanhado a ação por estar em isolamento social desde de que testou positivo para Covid-19. “Eu não estive lá, quem acompanhou foi a equipe da Assistência Social, a secretária também não estava, ela está com Covid.”

 As Secretarias Municipais de Comunicação Social; Promoção Social; Administração e Governo em atenção ao pedido de esclarecimento deste conceituado órgão de imprensa informa: As atuais famílias que ocupam precariamente o Ginásio de Esporte Valdir Pereira na região do Mapin/Imperial, que recebem atenção especial por parte da gestão municipal, mesmo estando irregulares e desrespeitando a lei deste quanto invadiram o Residencial Colinas Douradas e foram despejados por ordem da Justiça Federal, reclamavam da infestação de inseto no local;

"Foi contratada uma empresa especializada com o que existe de mais moderno eficiente e sem riscos para a saúde humana, que na última sexta-feira realizou o controle de pragas, exigindo das mesmas famílias que concordam com as regras, apenas ausência por três horas do ambiente em que vivem, por opção, de forma precária, lembrando que fora este serviço os mesmos tem outros serviços mantidos pelo Poder Públicos."

As Secretarias lembram ainda dos esforços da gestão em buscar uma solução definitiva para as mesmas famílias que esperam ser contempladas mesmo não tendo participado dos sorteios e regras que todos os demais interessados participaram e também acionam o Poder Público em busca de suas residências. "Várzea Grande formalizou junto aos organismo financeiros a possibilidade de contemplar famílias em risco de vulnerabilidades social com residências mas de forma legal e sem prejudicar as demais que tem também direito de receberem um imóvel."

 

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760