20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Terça-feira, 18 de Outubro de 2022, 14:22 - A | A

Terça-feira, 18 de Outubro de 2022, 14h:22 - A | A

Arrependido

Vereador pede perdão a Abílio e quer “selar a paz” entre Mendes e Emanuel

Para a missão de paz entre Mauro e Emanuel, até então considerada impossível, Marcrean contará com a ajuda do senador Jayme Campos (União).

Adriana Assunção/VGN

O vereador Marcrean Santos (PP) afirmou durante a sessão ordinária desta terça-feira (18.10), que buscará intermediar o fim dos confrontos entre o governador Mauro Mendes (União) e o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). Para a missão de paz, até então considerada impossível, Marcrean contará com a ajuda do senador Jayme Campos (União).

“Amanhã (19) vou estar com o senador Jayme solicitando uma audiência com o governador Mauro Mendes e gostaria sim de marcar a audiência, que esta Casa compareça em peso para fazermos a intermediação dessa situação política do Governo do Estado com o município, temos que selar a paz e somos responsáveis por isso”, disse o vereador, que presidia a sessão ordinária. 

Quem está perdendo é o povo!

Ele completou: “Não podemos permitir que o município fique com essa rixa com o Estado e o Estado com o município, porque quem está perdendo com isso, não é o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro, é o povo! Como representante do povo, intermediaremos isso e selaremos a paz. Não vamos mais admitir isso!”

Ainda em sua fala reflexiva, Marcrean Santos pediu perdão a todos que possivelmente magoou no Legislativo Cuiabano, entre eles, o presidente da Casa, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB) e o deputado federal eleito, Abílio (PL) e ex-vereador de Cuiabá, que teve o mandato cassado pela Câmara Municipal, inclusive com voto do próprio Marcrean.  Até o momento, a cassação de Abílio foi suspensa por decisão do Poder Judiciário.

Leia também: No STF, parlamentares e advogados pedem transporte coletivo gratuito para eleitores no 2º turno

“Quero te pedir Juca, muitas pessoas sabem de nossa diferença, mas ela não é pessoal, é política. Se eu te magoei que você, que todos me perdoem, vou pedir perdão para o Abílio. Se magoei alguém, algum dia, peço perdão publicamente para todos”, disse o vereador, afirmando que deseja que sua alma esteja limpa e preparada para volta do senhor.

Marcrean também alertou os colegas para não pensar só na vida material, mas pensar também na vida espiritual. Ele questionou os colegas como está a situação de cada um com o criador e dono da vida: “Nós preocupamos com mandato, com carro, com fazenda, com patrimônio e com a nossa salvação?”, indagou.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760