20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Política Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022, 08:36 - A | A

Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022, 08h:36 - A | A

com políticos de MT

Bolsonaro diz que população não deve escolher presidente “com coração ou emoção”

Bolsonaro ainda brincou dizendo que “pavio curto” faz parte do temperamento dele e do governador Mauro Mendes

Lucione Nazareth/VGN

O presidente e pré-candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), disse nessa quarta-feira (03.08) que a população não deve escolher o candidato a presidente “com coração ou emoção”. A declaração ocorreu em reunião no Palácio da Alvorada, que contou com a participação do governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União), dos senadores Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos, empresários, prefeitos e produtores de Mato Grosso.

Bolsonaro começou dizendo que sua vida “não é fácil” e brincou  que o “pavio curto” faz parte do temperamento dele e do governador Mauro Mendes.

“Não é fácil minha vida, mas não estou reclamando. Como não é fácil a vida de muitos prefeitos, do governador. O governador aqui [apontando para Mendes] tem pavio curto, sei disso. Faz parte do nosso temperamento, mas nós buscamos sempre o melhor para aqueles que representamos no Estado ou na União”, declarou o presidente.

No encontro, o Chefe do Executivo voltou a fazer críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), evitando citar nomes: “Nós bem sabemos o que vem acontecendo em nosso país. Aqueles que deveriam zelar pela nossa liberdade estão fazendo exatamente o contrário. Quem se eleger ou se reeleger para presidente neste ano indica mais dois para o Supremo Tribunal Federal. A gente vai mudando. Nós aqui [políticos com mandatos] mudamos em quatro, quatro anos ou não. Lá [Supremo] o cidadão tem que completar 75 anos. E não podemos esquecer de uma coisa: nós somos escravos de nossas escolhas”, disse.

O presidente ainda falou sobre eleições e afirmou que a população não deve escolher o candidato a presidente “com coração ou emoção”, e alfinetou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Quando falo em comparações, peço que compare com Argentina, Venezuela, Chile, Colômbia. Compare nossos 4 anos com de outros que me antecederam [Lula e Dilma], mas, por favor, bote pandemia, seca, crise hidrológica e guerra na balança. Mesmo assim, o saldo é positivo”, finalizou.  

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760