24 de Junho de 2024
24 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Economia Sábado, 30 de Abril de 2022, 10:17 - A | A

Sábado, 30 de Abril de 2022, 10h:17 - A | A

CUSTO DE VIDA

Valor da cesta básica em Cuiabá cai pela segunda semana consecutiva

Contestada, a pesquisa mostra recuo significativo nas duas últimas semana, mas nas gôndolas se vê o contrário

Redação VGN

A quarta e última semana de abril apresentou a segunda retração consecutiva no valor da cesta básica cobrado em Cuiabá, segundo levantamento do Instituto e Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT). Dessa vez, a queda observada foi de 2,56% sobre a terceira semana de abril, com os 13 produtos analisados sendo vendidos, em média, por R$ 712,80. Na semana anterior, o custo foi de R$ R$ 731,53.

A redução de R$ 18,73 no valor da cesta básica foi puxada, principalmente, pelo tomate, que registrou queda de 11,14% na semana passada e de 19,75% no mês. A batata – que apresentou alta nas últimas três semanas – teve redução de 9,02% na última semana de abril. Já a banana mostrou redução de 6,49% no valor cobrado nos mercados.

Nas consultas que o vgn# fez junto a consumidores, os números da pesquisa falham em alguns ítens.

Segundo a análise do IPF-MT, com a demanda normalizada após os feriados de Sexta-Feira Santa e de Tiradentes, a maioria dos produtos que compõem a cesta voltou a apresentar queda, reflexo da boa colheita, com as chuvas favorecendo a oferta de alguns produtos no mercado, reduzindo, assim, os preços dos alimentos.

Ainda assim, para o superintendente da Fecomércio-MT, Igor Cunha, o valor da cesta básica continua crescendo no acumulado do mês, em consequência de fatores, principalmente, externos. “O aumento do petróleo e a guerra entre Rússia e a Ucrânia continuam a influenciar as altas expansivas desde março desse ano”.

No entanto, ele destaca que a economia tem se habituado ao mercado, contribuindo para uma menor taxa de crescimento nos preços dos produtos. “O cenário é promissor dentro do estado, já que a melhora da situação econômica, em razão das boas condições do comércio e serviços, possibilita um aumento na renda e, consequentemente, um aumento no poder de compra das famílias mato-grossenses”, finalizou.

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760