24 de Julho de 2024
24 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Economia Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2022, 09:13 - A | A

Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2022, 09h:13 - A | A

Veja se tem direito

Banco Central libera calendário para pagamento de R$ 8 bilhões “esquecidos” por clientes em contas bancárias

Valores esquecidos serão devolvidos em março: Veja se tem direito

Lucione Nazareth/VGN

O Banco Central informou nesta segunda-feira (14.02) que está liberada a consulta do dinheiro esquecido por clientes em contas e que devem ser devolvidos pelos bancos e instituições financeiras. O montante chega a R$ 8 bilhões.

No fim do mês passado começou a funcionar o serviço Valores a Receber, sistema que permite que pessoas e empresas consultem se têm dinheiro esquecido a receber em bancos e demais entidades. Porém, um problema no sistema interrompeu as consultas.

Conforme o banco, o serviço foi restabelecido em uma página específica, no entanto, o cliente pode consultar apenas se há ou não recursos disponíveis utilizando o CPF ou CNPJ (veja abaixo como fazer consulta). Ao fazer esta primeira consulta, o cliente do banco recebe uma data e período para consultar e solicitar o resgate do saldo existente. As datas são agendadas de acordo com o ano de nascimento da pessoa ou da criação da empresa.

O Banco Central disse que os valores esquecidos nos bancos serão devolvidos somente a partir de 7 de março. Cerca de R$ 900 mil foram resgatados por 8,5 mil solicitantes antes do sistema ter sido retirado do ar.

As pessoas físicas e jurídicas que têm valores a receber poderão solicitar o resgate via Pix no Registrato, sistema do BC em que a população pode consultar informações financeiras como empréstimos em seu nome, dívidas com órgãos públicos, entre outras. Para essa opção, é necessário, contudo, que os bancos ou instituições financeiras tenham aderido a um termo específico junto ao Banco Central.

A outra alternativa é informar os dados de contato no Registrato e, em seguida, a instituição financeira deve informar o meio de pagamento ou transferência.

Cuidado com golpes  

O Banco Central alertou em relação a tentativas de golpe. Segundo a instituição o único site para consulta ao SVR (sistema de valores a receber) e para solicitação de valores é valoresareceber.bcb.gov.br.

O banco não envia links nem entra em contato com o cidadão para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais; assim como ninguém está autorizado a entrar em contato com o cidadão em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber. O cidadão não deve fazer qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores.

Leia Também - Trabalhadores têm R$ 208 bilhões para sacar do PIS/Pasep; veja se você tem direito

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760