15 de Junho de 2024
15 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Cidades Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022, 10:30 - A | A

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022, 10h:30 - A | A

ECONOMIA

Baixa no preço do cimento torna momento vantajoso para construir, diz presidente da Acomac/MT

Estado reviu o preço e readequou a pauta vigente, que estava acima do valor de mercado

Assessoria

A Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Mato Grosso (Acomac/MT) entrou em acordo com o Governo do Estado para que não haja aumento da tributação sobre o preço do cimento. Durante a negociação, a Acomac/MT argumentou que o Estado estaria baseando o reajuste em valores de meses que antecederam dezembro de 2021 – data da reunião de negociação.

Conforme explica o presidente da Acomac/MT, Fábio Sbeghen, a reunião com representantes do Estado foi favorável tanto ao setor como ao consumidor. “Nós conversamos e explicamos que os valores apresentados [pelo Estado] eram de meses anteriores e que não representavam mais a realidade da atualidade. Com isso, o Estado reviu o preço e readequou a pauta vigente, que estava acima do valor de mercado”.

Ocorre que durante os meses de setembro e outubro do ano passado, o preço do cimento em Mato Grosso sofreu uma variação comparada aos meses anteriores. Com isso, o aumento foi repassado ao consumidor final. Mas o aumento não foi repassado ao Estado e, quando o mesmo tomou conhecimento, o valor já havia abaixado o que fez com que não só não houvesse aumento como readequaram a pauta do cimento para o novo valor.

Pauta Fiscal é conhecida também como preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) e se trata de uma tabela de preço, uma fixação prévia dos preços de determinados produtos. A Pauta adequa o valor com base nos impostos cobrados coibindo o superfaturamento desses produtos e também para efeito de fiscalização das operações interestaduais.

CONSUMIDOR – Fabio Sbeghen destacou ainda que o cenário atual é favorável para o consumidor. “O preço do cimento vem oscilando nos últimos meses, mas a tendência para janeiro de 2022 e os próximos meses é abaixar ainda mais, tornando ainda mais vantajoso construir e reformar”.

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760