16 de Junho de 2024
16 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Polícia Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2015, 15:28 - A | A

Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2015, 15h:28 - A | A

Cuiabá

Suspeito de vender munições em distribuidora de bebidas e mais três são presos

Acusado usava sua distribuidora de bebidas no bairro Jardim Califórnia

assessoria

Um homem suspeito de comercializar munições de arma de fogo sem autorização foi preso em flagrante, pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta quinta-feira (17.12). A prisão foi realizada em operação deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf), para cumprimento de ordens judiciais de prisão e de busca e apreensão.

O acusado, Ronildo da Mata Nascimento, 32, utilizava a sua distribuidora de bebidas, no bairro Jardim Califórnia, para atuar na venda as munições. Além do suspeito, a ação resultou na prisão de outras 3 pessoas acusadas de roubo qualificado.

A delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis, representou pelo mandado de busca e apreensão, na distribuidora de bebidas “Beats” e na casa do suspeito, após as investigações da Derf descobrirem que no local funcionava o comércio ilegal de munições.

Em buscas no local, policiais da Derf apreenderam duas armas, sendo uma pistola PT 908, calibre 9mm, de uso restrito e uma carabina de uso restrito com cano aparentemente adulterado, além de 312 munições, sendo 29 munições 9mm, 40 munições calibre 357, 7 munições .40, 85 munições calibre 380, 122 munições calibre 38, 29 calibre 32.

Na distribuidora, ainda foram apreendidos mais de R$ 3,4 mil em dinheiro. O dono do comércio de bebidas foi conduzido a Derf e autuado em flagrante pelo crime de posse de arma e munições de uso permitido e de uso restrito.

Em continuidade a operação, o acusado Winston Gonçalves Ribeiro, 20, teve o mandado de prisão temporária cumprido. O suspeito foi reconhecido nas investigações da Derf como autor de um roubo qualificado na casa da presidente do bairro Renascer, no último dia 10 de novembro, em que foram subtraídas diversas joias.

O acusado, Anderson Felipe Kamienski, teve a prisão preventiva cumprida, apontado como autor de um roubo qualificado, ocorrido no dia 31 de agosto. O suspeito abordou a vítima com uma arma de fogo, quando ela chegava a residência, subtraindo aparelhos eletrônicos e vários objetos pessoais da família.

Também acusado de roubo qualificado, Leodil Maximiano da Silva, teve a prisão preventiva cumprida por um crime praticado em julho de 2014, no bairro CPA III. Na ocasião, o suspeito em uma motocicleta, utilizou uma arma de fogo na abordagem da vítima.

Segundo a delegada, Nubya Beatriz Gomes dos Reis, a operação foi deflagrada com objetivo de recolher armas de fogo e munições, além de dar cumprimento a mandados de prisão em aberto. “È uma operação de final de ano, com a finalidade de terminar trabalhos em aberto e garantir um período de festas mais tranquilo a sociedade”, disse a delegada.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760