15 de Junho de 2024
15 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Polícia Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2022, 08:01 - A | A

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2022, 08h:01 - A | A

Operação Nero

PF cumpre mandados em MT para prender "bolsonaristas" que participaram de atos violentos em Brasília

Ação cumpre 32 mandados expedidos pelo Supremo Tribunal Federal em Mato Grosso e em outros 7 Estados

Lucione Nazareth/VGN

A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (29.12) mandados em Mato Grosso e outros sete Estados prender os envolvidos na tentativa de invasão a sede da corporação em Brasília no último dia 12 deste mês. Os mandados fazem parte da “Operação Nero”.

No dia 12, apoiadores radicais do presidente Jair Bolsonaro (PL) tentaram invadir a sede da Polícia Federal, em Brasília, e depredaram carros e ônibus. Leia Mais - Apoiadores de Bolsonaro incendiam carros e tentam invadir sede da PF; veja vídeos

Os ataques violentos iniciaram após prisão do indígena de Mato Grosso, José Acácio Serere Xavante, de 42 anos, após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. O magistrado decretou a prisão temporária pelo prazo de 10 dias por supostas condutas ilícitas em atos contra resultado das eleições presidenciais as quais elegeram Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo a PF, na operação de hoje estão sendo cumpridos 32 mandados de busca e apreensão e de prisão expedidos pelo STF. Além de Mato Grosso, as ordens estão sendo cumpridas em Rondônia, Pará, Tocantins, Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal.

Ainda, segundo a Polícia, o objetivo da investigação é identificar e individualizar as condutas dos suspeitos que participaram dos atos violentos que vandalizaram bens públicos e particulares, assim como aqueles que financiaram e incitaram os atos criminosos.

Os suspeitos podem ser enquadrados nos crimes de dano qualificado, incêndio majorado, associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e golpe de Estado, cuja as penas somadas podem chegar a 34 anos de prisão.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760