20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Polícia Quinta-feira, 28 de Julho de 2022, 10:32 - A | A

Quinta-feira, 28 de Julho de 2022, 10h:32 - A | A

Veja vídeo

Homem atropelado por motorista que furou sinal e fugiu deve passar por cirurgias em Cuiabá

O que a família pede é que o motorista pelo menos dê assistência para a vítima

Gislaine Morais/VGN

Um acidente na madrugada de segunda-feira (25.07), na rua Voluntários da Pátria, cruzamento com a Pedro Celestino, em Cuiabá, deixou o entregador de aplicativo, Jonylson Silva Correa, 31 anos, gravemente ferido. Ele foi atropelado por um homem de 56 anos, que estava num veículo VW Nivus que furou o sinal vermelho.

Conforme ocorrência, o suspeito estava embriagado e fugiu do local antes da polícia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado por terceiros. A vítima foi levada para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Na manhã desta quinta-feira (28), a esposa de Jonylson, Karolainy Cristina Luz Antunes, entrou em contato com o , relatando que a família quer Justiça, pois enquanto seu marido está internado e deve passar por duas cirurgias o suspeito está livre. Segundo ela, os vídeos provam que o motorista do veículo furou o sinal, atropelou o jovem, não chamou o socorro e depois fugiu do local.

Karolainy encaminhou ao nas imagens do dia acidente, onde mostram que o veículo furou o sinal e seu marido que vinha pela rua Voluntários da Pátria teria colidido em cheio com o VW Nivus. Com o impacto, o carro bateu com a lateral do motorista em um poste, e ao lado ficou caído o trabalhador e sua motocicleta.

O motorista desce do carro, vai até Jonylson e depois anda pela rua lateral, e logo quando chegam curiosos, o suspeito deixa o local, sem aguardar a chegada do socorro e nem dos policiais. O carro ficou abandonado.

A esposa de Jonylson disse que eles estão indignados, pois o marido está lá com várias escoriações, quebrou o dente, rasgou a boca e ainda está aguardando uma cirurgia do tornozelo dilacerado e uma cirurgia da clavícula, enquanto o suspeito está em liberdade sem pagar pelo que fez.

A mulher disse que eles têm os dados de quem atropelou seu esposo e também sabem que o suspeito tem uma boa condição financeira. O que a família pede é que ele pelo menos dê assistência para a vítima.

“Ele [suspeito] tem dinheiro, ao em vez dele tirar meu marido do público e pagar um particular, mas ele não faz nada e meu marido fica sentindo dor e nós não sabemos o que fazer”, concluiu ela.

Leia também - Operação mira organização criminosa que trocava soja por areia em MT

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por VGN (@vgnoticias.oficial)

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760