22 de Junho de 2024
22 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Esportes Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022, 11:45 - A | A

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022, 11h:45 - A | A

não cabe mais recurso

Robinho é condenado em última instância a nove anos de prisão por violência sexual

Robinho tentava anular a sentença

Lucione Nazareth/VGN

Divulgação

VGN_robinho1

 Robinho tentava anular a sentença 

 

 

A Corte de Cassação de Roma, última instância da justiça italiana, rejeitou recurso do atacante Robinho e por Ricardo Falco, amigo do jogador, e confirmou a condenação de ambos a 9 anos de prisão por violência sexual de grupo cometida contra uma mulher albanesa em uma boate em Milão, em 2013.

A sentença é definitiva e não cabe mais recurso. O caso foi julgado na manhã desta quarta-feira (19.01), por cinco juízes da 3ª Seção Penal, na Corte de Cassação de Roma, órgão equivalente ao Supremo Tribunal Federal (STF), no Brasil. A audiência que analisou os recursos durou 30 minutos.

A vítima, uma mulher albanesa, que esteve presente no Tribunal, alegava ter sido embriagada e abusada sexualmente por seis homens, sendo um deles Robinho, enquanto estava inconsciente. O crime aconteceu em uma boate de Milão, na madrugada do dia 22 de janeiro de 2013. Na época, Robinho defendia o Milan da Itália.

O caso já havia sido julgado em primeira e segunda instância e nas duas o jogador foi condenado a nove anos de prisão. Robinho está no Brasil e a Justiça Italiana poderá pedir ou não a extradição do jogador para cumprimento da sentença.

Porém, a Constituição Federal veta a extradição de brasileiros, assim como existe um tratado de cooperação judiciária entre Brasil e Itália, que não prevê que uma condenação imposta pela justiça do país europeu seja aplicada em território brasileiro.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760