17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Cidades Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 09:32 - A | A

Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 09h:32 - A | A

PARALISAÇÃO

Professores citam arbitrariedade de secretário e ameaçam greve no interior de MT

Professores denunciam irregularidades na forma de admissão de servidores temporários e descumprimento do pagamento de piso salarial

Lucione Nazareth/VGN

Os profissionais da educação de Acorizal, a 59 km de Cuiabá, ameaçam paralisar atividades por tempo indeterminado caso o secretário de Educação do município, Edmilson Santana do Nascimento, popular Bodão, continue ignorando a pauta de reivindicação da categoria.  

Na última sexta-feira (14.06), os trabalhadores realizaram um dia de paralisação, sendo que no dia 07 deste mês, os profissionais já haviam feito ato semelhante.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso, subsede de Acorizal (Sintep/Acorizal), Enedino Thomaz da Silva, disse que a categoria cobra respostas da Secretaria sobre irregularidades na forma de admissão dos profissionais temporários, assim como o descumprimento do pagamento de piso salarial nacional; e recomposição salarial da inflação (Revisão Geral Anual).

Reivindicações em Acorizal

Os profissionais pedem explicação sobre acúmulo de funções, terceirizações das ADIs e TDIs – Auxiliares de Desenvolvimento Infantil e Técnicas em Desenvolvimento Infantil; falta de transparência da Prefeitura na aplicação dos recursos da educação, e pela adoção de pagamento por PIX sem que ocorra um registro oficial do pagamento (sem disponibilização de holerite), além de descontos salariais sem esclarecimentos.  

Enedino relatou ainda que o secretário Edmilson Nascimento, chegou a cometer um ato arbitrário contra a categoria, ao impedir a entrega de informativos aos pais e responsáveis pelos estudantes. O gestor teria mandado confiscar nas escolas todo o material do Sintep/Acorizal.  

A categoria marcou para amanhã (18.06) uma assembleia geral para discutir uma contraposta apresentada pela Prefeitura de Acorizal. 

Outro lado 

O entrou em contato com o secretário de Educação do município, Edmilson Santana, mas até o fechamento ele não atendeu a reportagem. 

Leia Também - Nova Caderneta da Criança é lançada com teste para detecção precoce de autismo

 
 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760