16 de Junho de 2024
16 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Polícia Sexta-feira, 27 de Novembro de 2015, 12:11 - A | A

Sexta-feira, 27 de Novembro de 2015, 12h:11 - A | A

PRISÃO

Marido e filho que degolaram vítima em MT têm prisão cumprida em Sergipe

Os suspeitos tiveram o mandado de prisão decretado pela Justiça

assessoria

Marido e filho, acusados de matar uma idosa por esgorjamento, na cidade de Sinop (500 km ao Norte), tiveram o mandado de prisão cumprido, na quinta-feira (26.11), em uma ação integrada da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso e a Polícia Civil de Sergipe. Considerados foragidos da Justiça de MT, o marido da vítima, José dos Santos, o “Madruga” e o filho Adriano de Santana Nascimento, foram presos em um povoado próximo a Aracaju (SE).

Os suspeitos tiveram o mandado de prisão decretado pela Justiça, após serem identificados pela Divisão de Crime de Homicídios de Sinop como autores do brutal assassinato. Após troca de informações com o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Aracaju, eles foram localizados no povoado “Sirizinho”, no município de Rosário do Cateto, cerca de 30 quilômetros da Capital.

A idosa foi encontrada morta com um corte de faca no pescoço, no dia 28 de julho deste ano, dentro de sua casa no bairro Maria Vilidiana II, em Sinop. A Divisão de Crime de Homicídio de Sinop passou a investigar o caso e no interrogatório do marido e do filho da vítima foram apresentadas várias contradições que apontavam os suspeitos como autores do crime.

O delegado Carlos Eduardo Muniz dos Santos representou pela prisão dos suspeitos e antes que a ordem judicial fosse expedida, pai e filho se mudaram para o Estado de Sergipe. Segundo o delegado, o crime foi motivado por questões patrimoniais relacionadas a vítima e os suspeitos. “A vítima não tinha desavenças em sua vida pessoal, fato que fez com que a sua morte causasse grande repercussão na cidade”, disse.

Muniz disse que o trabalho realizado pela equipe da DHPP de Aracaju foi fundamental para a localização dos suspeitos. “Desde o primeiro contato, eles se disponibilizaram a encontrar os foragidos, sendo realizada a troca de informações constante até a prisão dos suspeitos”, destacou o delegado. "Eles já estão sendo interrogados lá e parece que foi muito produtivo. Estamos aguardando o interrogatório", completou. 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760