14 de Junho de 2024
14 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Polícia Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015, 08:12 - A | A

Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015, 08h:12 - A | A

PRISÃO

Agente prisional que atuava em cobranças indevidas é preso em MT

Para fazer a cobrança indevida, o suspeito abordava a vítima e se apresentava como policial

assessoria

Um agente penitenciário que se passava por policial para fazer cobranças indevidas foi preso pela Polícia Judiciária Civil, nesta quarta-feira (25.11), em Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte). O acusado J. E. S. S., 34, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, além de ser investigado pelos crimes de constrangimento ilegal e possível extorsão.

O agente penitenciário da cidade de Sorriso (420 km ao Norte), que também trabalha como cabeleireiro em Lucas do Rio Verde, passou a ser investigado após a equipe da Polícia Civil receber a informação de que o suspeito era contratado para fazer a cobrança de dívidas. Para fazer a cobrança indevida, o suspeito abordava a vítima e se apresentava como policial, mostrando o distintivo de agente prisional, para que a pessoa não procurasse a Polícia.

Com base nas informações, o delegado Rafael Scatolon abriu um procedimento investigativo, em que o suspeito foi intimado duas vezes para prestar esclarecimentos na Delegacia de Lucas do Rio Verde, mas negou a comparecer à unidade e também a assinar a intimação.

Nesta quarta-feira (25), foi cumprida a condução coercitiva do suspeito que se apresentou na delegacia com uma pistola calibre 380, municiada, carregada na cintura. Questionado, o agente apresentou o registro da arma de uso pessoal que estava vencido.

Segundo o delegado, Rafael Scatolon, além de ser autuado por porte ilegal de arma de fogo, o acusado continua sendo investigado pelo constrangimento das vítimas. “A cobrança indevida de dívidas não será tolerada de forma alguma pela Polícia Judiciária Civil de Lucas do Rio Verde. Em especial, ações como esta, em que o suspeito usava o nome da Polícia para intimidar as vítimas”, destacou o delegado.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760