17 de Junho de 2024
17 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Polícia Terça-feira, 27 de Setembro de 2022, 11:20 - A | A

Terça-feira, 27 de Setembro de 2022, 11h:20 - A | A

DERFVG

Bandido é preso após se passar por cliente e roubar dentista em VG

O bandido já responde a processo pela prática de homicídio e condenação pela prática de roubo.

Edina Araújo/VGN

Integrante de uma associação criminosa, identificado pelas iniciais C.E.O.S, 45 anos, foi preso na tarde dessa segunda-feira (26.09) por roubo ocorrido no último dia 09 de setembro, em um consultório odontológico, no bairro Santa Isabel, em Várzea Grande. Conforme a delegada titular da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Várzea Grande (DERFVG), Elaine Fernandes, o bando criminoso clonou o chip de um soldado do exército, ligou no consultório e agendou uma consulta para o dia seguinte.

Na manhã do dia 09 de setembro, o suspeito deixou um comparsa dando cobertura na esquina e entrou no consultório, se passando pelo paciente que havia agendado a consulta. Ao ser atendido pela recepcionista, o suspeito sacou a arma de fogo e anunciou o roubo.

“A dentista, ao ouvir o barulho, abriu a porta do consultório, instante em que, o meliante encostou a arma de fogo na testa da dentista, puxou-a pela gola da camisa e ordenou que lhe acompanhasse, mas a médica se recusou agarrando-se na porta do consultório, momento em que o meliante puxou o gatilho, mas a arma falhou. Nesse instante, a secretária desmaiou e a dentista começou a gritar, afirmando que o suspeito também iria responder pela morte da secretária, ao que o meliante empreendeu fuga levando dois aparelhos celulares e, posteriormente, com o celular da secretária em mãos, subtraiu uma quantia em dinheiro, através de transferência via Pix”, contou Fernandes.

Segundo a delegada, na fuga, o suspeito se atrapalhou e acabou deixando a chave da moto e o capacete dentro do consultório, e, ao retornar para buscar, a porta já estava trancada. Assim que o suspeito foi identificado, a delegada representou pela prisão preventiva, decretada pelo juízo da Quarta Vara Criminal de Várzea Grande.

“Ao ser interrogado, o suspeito confessou que praticou o roubo em concurso com mais dois comparsas, esclarecendo que foi o vulgo Rafael louco ou Rafael Silêncio quem planejou e coordenou a ação criminosa lhe fornecendo a arma de fogo e o veículo, bem como, indicou o terceiro comparsa que daria cobertura a ação criminosa, nas imediações do consultório”.

Ainda, conforme Fernandes, o suspeito relatou que, a ordem era sequestrar a dentista e levar para um matagal, onde iriam ordenar que fizesse as transferências via Pix, e dividiriam o lucro meio a meio. 

a ordem era sequestrar a dentista e levar para um matagal, onde iriam ordenar que fizesse as transferências via Pix,

Na residência, a polícia apreendeu a camisa usada na data do roubo, além de diversos chips novos e um caderno de anotações, contendo nomes, CPFs e diversos números de telefones que o suspeito utilizava para aplicar golpes pelo Whatsapp e OLX.

O suspeito já responde a processo pela prática de homicídio e condenação pela prática de roubo. O líder da quadrilha se trata de um foragido da Justiça desde janeiro de 2021, quando efetuou disparos contra a ex-cunhada e o enteado, no bairro Ouro Verde em Várzea Grande.

Leia também

Miss não gosta de brincadeira, joga pote de comida e ataca colega com arranhões em Cuiabá

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760