Bolsonaro pretende reduzir pela metade preço do gás de cozinha, diz ministro

Lucione Nazareth/ VG Notícias

ministro da Economia, Paulo Guedes

ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em no máximo dois anos. A declaração ocorreu na última terça-feira (09.04) durante o 22ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

Segundo ele, para alcançar a meta a equipe de Governo de Bolsonaro trabalha medidas para acabar com o monopólio da Petrobras no refino do gás, o que segundo Guedes, torna o preço do produto mais caro no Brasil.

“Daqui a dois anos, o botijão de gás vai chegar na metade do preço na casa do trabalhador brasileiro. Vamos quebrar esses monopólios e vamos baixar o preço do gás e do petróleo com a competição”, disse Guedes.

Vale lembrar que em março o preço do botijão de gás de cozinha, de 13kg, sofreu reajuste de 7% em Várzea Grande.

Atualmente o produto é vendido ao preço médio nos postos de venda do município entre R$ 93,00 a R$ 103,00. Caso a redução realmente ocorra o gás de cozinha ficaria entre R$ 46,50 a R$ 51,50.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br