13 de Junho de 2024
13 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Polícia Sexta-feira, 24 de Junho de 2022, 16:43 - A | A

Sexta-feira, 24 de Junho de 2022, 16h:43 - A | A

ordenado por facção

Mecânicos foram mortos por engano e alvo de execução conseguiu fugir

Os mecânicos foram mortos no bairro Cavalhada, em Cáceres

Gislaine Morais/VGN

O delegado da 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres (a 218 km de Cuiabá), Marlon Nogueira, disse que Arison Rafael da Silva, 22 anos e Sandro Gonçalves Perine, 34 anos, assassinados dentro de uma oficina mecânica no bairro Cavalhada, na cidade, na terça-feira (22.06), morreram por engano.

Conforme o delegado, seis pessoas foram ouvidas em depoimento, sendo quatro adultos e dois adolescentes, supostos envolvidos nos homicídios. Os mecânicos foram mortos dentro do estabelecimento comercial, com tiros na cabeça.

Com os suspeitos, os policiais apreenderam uma arma de fogo, um revólver calibre 38, utilizada nos homicídios das vítimas, munições, drogas e mais uma arma de fogo de calibre 32.

Em depoimentos, os adultos confessaram envolvimento com a facção criminosa que ordenou o crime, e disseram que o alvo da execução era outro mecânico, que conseguiu fugir do local durante o ataque, sendo que Arison e Sandro foram mortos por engano.

A investigação pela Delegacia de Cáceres continua para identificar outros possíveis envolvidos com o duplo homicídio.

Leia também - Dois jovens e mulher são presos com produtos furtados em loja de moto, drogas e armas em Cuiabá

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760