14 de Junho de 2024
14 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

VGNJUR Quinta-feira, 13 de Outubro de 2022, 14:49 - A | A

Quinta-feira, 13 de Outubro de 2022, 14h:49 - A | A

"soltou o verbo"

Desembargador insinua que foi "traído" por colegas no TJ: "Judas para trair Jesus, fez estágio no TJMT"

Desembargador obteve apenas um único voto na eleição no TJMT: o dele

Lucione Nazareth/VGN

O desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ/MT), Sebastião de Moraes Filho, soltou o verbo nesta quinta-feira (13.10) e insinuou que foi “traído” durante sessão administrativa do Judiciário, a qual escolheu o presidente, vice-presidente e corregedor-geral para o biênio 2023/2024.

Moraes colocou seu nome na disputa do pleito para concorrer ao cargo de vice-presidente da Corte contra os colegas desembargadores do Judiciário: Maria Erotides Kneip que foi eleita ao obter 15 votos; e Luiz Ferreira da Silva que conseguiu 14 votos. Na votação, Sebastião teve apenas um único voto, ou seja, o dele próprio. O voto é realizado por meio de aplicativo de forma online e é secreto. 

Após a presidente do TJMT, desembargadora Maria Helena Póvoas, encerrar a votação e iniciar o processo de escolha dos desembargadores membros do Órgão Especial do Judiciário, Moraes pediu a fala e disparou: “Faço minhas os ensinamentos do nosso decano: Judas para trair Jesus Cristo, fez estágio no Tribunal de Justiça de Mato Grosso”.

Leia Também - Com 19 votos, desembargadora Clarice Claudino é eleita presidente do TJ/MT

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760