16 de Junho de 2024
16 de Junho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Esportes Quinta-feira, 03 de Novembro de 2022, 15:35 - A | A

Quinta-feira, 03 de Novembro de 2022, 15h:35 - A | A

9 ANOS DE PRISÃO

Justiça nega extradição de Robinho condenado por estupro

Robinho pode começar cumprir pena no Brasil

Lucione Nazareth/VGN

A Justiça brasileira negou extradição do ex-jogador Robinho, condenado em três instâncias a nove anos de prisão de prisão por violência sexual de grupo cometida contra uma mulher albanesa em uma boate em Milão, em 2013. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (03.11) pela agência italiana Ansa.

Segundo a Ansa, o veto da extradição de Robinho foi baseado na Constituição Federal do Brasil, mais precisamente no artigo 5º no qual consta: “nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei”.

O Ministério da Justiça da Itália ainda pode solicitar o cumprimento da pena em solo brasileiro.

Leia Mais - Justiça da Itália pede extradição de Robinho condenado por estupro

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760