17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Eleições 2022 Segunda-feira, 31 de Outubro de 2022, 13:42 - A | A

Segunda-feira, 31 de Outubro de 2022, 13h:42 - A | A

Em ‘luto’

Deputados bolsonaristas de MT consideram eleição de Lula “Dia de desordem e regresso”

Nelson Barbudo: “Combateu um bom combate, resgatou nossa bandeira, o patriotismo e a amor à Pátria. Obrigado, Jair Bolsonaro.”

Adriana Assunção/VGN

Os deputados estaduais e federais bolsonaristas de Mato Grosso comentaram em suas redes sociais a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL), neste domingo (30.10), e classificaram como “Dia de desordem e regresso” a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência de república.  Entre as críticas dos deputados federais eleitos e não eleitos, se destacam a jornalista Amália Barros e Coronel Fernanda, ambas do Partido Liberal.

A deputada federal eleita, Amália Barros (PL) postou luto, o símbolo da “morte” e também foi representada pela deputada federal eleita Coronel Fernanda (PL) que publicou em nota oficial que: “esta culpa eu não carrego.”

A Coronel Fernanda pediu ainda, para que os brasileiros confiem na governabilidade do Congresso e principalmente de Deus na administração do Brasil.

“Hoje estamos vivendo um luto, eu não quero acreditar que meus irmãos em Cristo apoiam a corrupção e a criminalidade, quero entender que tudo faz parte da desinformação. Estaremos no congresso com uma bancada a favor da família e contra qualquer sistema que sustenta a corrupção. Confiem em quem vocês colocaram no congresso e não se esqueçam que nossas vidas são governadas sobretudo por Deus, em quem devemos confiar", afirmou a deputada.

O deputado federal eleito, Coronel Assis (União) e Abilio Brunini não se manifestaram até o momento em suas redes sociais.

Outro que criticou foi o deputado federal reeleito José Medeiros (PL). Ele escreveu diversas críticas à imprensa. Entre elas, acusou os meios de comunicação de fazerem campanha a Lula. “Agradecendo quem FEZ CAMPANHA!!! Se tem algo que MORREU definitivamente nestas eleições foi a credibilidade de boa parte da imprensa nacional!”, escreveu em um dos posts.

Em um clima mais democrático, o deputado federal Nelson Barbudo (PL) - que também deixa o mandato em dezembro - definiu a derrota de Bolsonaro como “Dia de desordem e regresso”.

Leia mais: Mendes diz que MT não depende da União e vê capacidade de governabilidade como maior desafio de Lula

Ele agradeceu o presidente: “Combateu um bom combate, resgatou nossa bandeira, o patriotismo e amor à Pátria. Obrigado, Jair Bolsonaro.”

Em âmbito estadual, o deputado Delegado Claudinei (PL) agradeceu os votos dos mato-grossenses ao presidente Jair Bolsonaro (PL). “Obrigado aos mais de 1,2 milhão de votos em Bolsonaro no segundo turno para presidente. Mato Grosso mostrou a sua força. São 65,08% que confiaram no nosso presidente. Parabéns aos mato-grossenses pela expressiva votação pelo bem do Brasil!”

Já o deputado estadual Gilberto Cattani (PL) postou “um capitão e um ladrão...Isso jamais mudará...” e o deputado Ulysses Moraes (PTB) postou a bandeira brasileira todo de preto com o texto: “censura e retrocesso.”

Não se posicionaram os deputados, Elizeu Nascimento (PL), Sebastião Machado Rezende (União) e Xuxu Dal Molin (União).

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760