Ex-secretário de Estado é nomeado no TCE

Diógenes Curado exerceu entre 2008 e 2013, o cargo de secretário de Segurança Pública do Estado nas gestões de Blairo Maggi e Silval Barbosa.

Lucione Nazareth/VG Notícias

O ex-secretário do Estado, Diógenes Gomes Curado Filho foi nomeado para exercer cargo comissionado no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

De acordo com ato publicado no Diário Oficial de Contas (DOC), que circula nessa sexta-feira (22.01), o presidente do TCE, Antônio Joaquimnomeou Diógenes para exercer cargo de secretário de Planejamento, Integração e Coordenação, com data retroativa do dia 21 de janeiro.  Ele deve receber um salário de R$ 6.345,82 mil.

Diógenes Curado exerceu entre 2008 e 2013, o cargo de secretário de Segurança Pública do Estado nas gestões de Blairo Maggi e Silval Barbosa. Curado também chefiou o Núcleo de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal em Mato Grosso.

Importante destacar que Curado é o terceiro ex-secretário de Estado que é nomeado em cargo comissionado no Tribunal de Contas. Antes de Diógenes, o presidente do TCE já havia nomeado os ex-secretários Yenes Magalhães (da antiga Agecopa e Augustinho Mouro (Secretaria de Saúde).

Magalhães foi nomeado no último dia 13 (data retroativo 01 de janeiro) para exercer cargo de ouvidor-geral, salário de R$ 6.345,82 mil.

Já Mouro foi nomeado para exercer cargo de chefe de gabinete da presidência do TCE, função essa que vem desempenhando desde 2010 após deixar a Secretaria de Saúde durante a gestão de Blairo Maggi. O ex-secretário recebe cerca de 15 mil de salário.

Outro lado – O Tribunal de Contas de Mato Grosso informou à reportagem do VG Notícias, que as contratações dos referidos servidores levaram em consideração a capacitação técnica dos mesmos.

Diogenes Curado ocupou até pouco tempo o cargo de corregedor geral da Polícia Federal. Servidor aposentado na PF, onde trabalhou por mais de 30 anos, assumiu a Secretaria de Planejamento e Integração do TCE-MT.

Já o servidor Yênes Magalhães foi secretário de Estado e de Município em diversos órgãos e foi nomeado para o cargo de coordenador executivo da Ouvidoria de Contas. O servidor Augostinho Moro há quatro anos trabalha na chefia de gabinete da 3a Relatoria, do conselheiro Waldir Teis.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br