Secretário diz que amizade entre delegados não deve interferir nas investigações

Larissa Malheiros/VGNotícias

Arquivo pessoal

Rafael delegado

 

O secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante considera que o profissionalismo está acima das amizades. A declaração dele foi direcionada à possível relação do delegado Rafael Mendes Scatolon, que investiga o caso dos grampos ilegais em Mato Grosso, com o réu em um dos processos, o delegado Rogers Elizandro Jarbas e o provável indiciado na mesma ação, o delegado Gustavo Garcia. Fato revelado com exclusividade no início da semana pelo #vgnoticias.

“Não acredito que tenha participação de forma positiva ou negativa, são delegados companheiros, amigo que podem ir no churrasco. Mas, o lado profissional nesta hora fala mais alto, qualquer delegado que tiver facilitando ou prejudicando o serviço em razão de amizade, vai responder por isso. Então, eu não acredito que os profissionais que foram selecionados para este tipo de operação, vão se envolver em qualquer desvio, até porque está apurando desvio”, disse o secretário.

Segundo Bustamante, a possibilidade de relação entre os delegados não coloca em risco a operação, até porque a demora nas investigações é justificável. Ele ainda destaca que o Estado designou delegados competentes para um caso complexo e que demanda de certo tempo.

"Acho que não está tendo demora, é um caso que demanda muita atenção, até para fazer justiça, é um caso que foram designados três delegados especiais. Acredito na qualidade e na competência que foram selecionados por isso, mas agora não é um caso simples de resolver, a gente tem que também ter calma e paciência, porque nem tudo acontece na velocidade que a gente quer e precisa” ressaltou.

O #vgnoticias mostrou a possível relação entre os citados em uma foto que circula nas redes sociais. Em conversa com o delegado Scatalon, ele deixou claro que não tem intimidade com nenhuma outra pessoa em Mato Grosso que não seja sua esposa. No entanto, na foto também aparece o delegado Luiz Henrique Damasceno que é testemunha de Rogers no caso.

 

 


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br