Mulher desaparecida há cinco anos é encontrada morta em Cuiabá

Gislaine Morais/VG Notícias

Reprodução

Talissa

 

Uma mulher que estava desaparecida há cinco anos foi encontrada morta e enterrada na tarde desta segunda-feira (13.05), em uma residência, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá. O corpo de outra vítima, Benildes Batista de Almeida, 40 anos é procurado no mesmo lugar.

De acordo com a Polícia Judiciária Civil (PJC), as investigações do Núcleo de Pessoas Desaparecidas, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), apontam que o suspeito, Adilson Pinto da Fonseca, 48 anos, matou as mulheres e enterrou os corpos no terreno ou dentro da casa dele.

Segundo a PJC, elas estavam desaparecidas desde 2013 e 2014. O corpo encontrado foi identificado sendo de Talissa Oliveira Ormond, 22 anos.

Ainda de acordo com PJC, Talissa era namorada do suspeito e a segunda vítima, Benildes seria sua ex-mulher.

O corpo deve ser retirado e enviado ao Instituto Médico Legal (IML) da Capital. Uma perícia deve apontar as causas da morte.

Os sumiços

A vítima Talissa de Oliveira Ormond, 22 anos, teve o desaparecimento comunicado em 8 julho de 2013, cerca de quatro dias depois de sumir. A mãe da moça contou que ela tinha saído para trabalhar em uma empresa de telefonia e não mais deu notícias. Na empresa, a chefe da vítima informou à mãe que naquele dia ela tinha trabalhado o dia todo e quando saiu havia um rapaz moreno em uma motocicleta a espera dela. Mas ninguém a viu sair com ele. No dia seguinte, a vítima teria ligado na empresa pedindo socorro. Depois não deu mais notícias.

A segunda vítima, Benildes Batista de Almeida, 39 anos, desapareceu em 17 de dezembro de 2013. Ela morava na cidade de Asturia, na Espanha, e tinha voltado ao Brasil, onde passou cinco meses com a família. A filha dela entrou em contato com a Polícia Federal, que não identificou que ela havia saído do Brasil. Ela era ex-mulher do suspeito.

 


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br