Inscrições deferidas para o Residencial Colinas Douradas serão divulgadas nesta quinta (10)

Lucione Nazareth/ VG Notícias

VG Notícias

Colinas

Residencial Colinas Douradas

A Prefeitura de Várzea Grande divulga nesta quinta-feira (10.01) a lista das inscrições deferidas e as indeferidas do programa “Minha Casa, Minha Vida” para o Residencial Colinas Douradas 1ª e 2ª. A informação é do secretário municipal de Desenvolvimento Urbano de Várzea Grande, José Roberto Amaral.

“Ao todo foram 29.640 mil pessoas que realizaram as inscrições, deste total, muitas delas foram indeferidas por terem apresentado algum problema na documentação. Cadastro do NIS desatualizado, pessoas menores de 18 anos, renda familiar acima de R$ 1.800,00, pessoas que tem cadastro único em outros municípios, são algumas das irregularidades detectadas pelo sistema da triagem” explicou o gestor.

Segundo ele, as pessoas que constarem o nome na lista das inscrições indeferidas poderão apresentar recurso, no prazo máximo de cinco dias úteis, junto a Superintendência de Habitação, que fica na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, para tentar regularizar a situação e desta forma habitar-se a concorrer uma das mil casas do Residencial Colinas Douradas 1ª e 2ª.

“As pessoas podem procurar a Superintendência de Habitação e procurar saber o problema detectado. Após isso, ela pode na pasta fazer o recurso administrativo de forma escrita e protocolar este documento ali para que possamos analisa-lo. Este recurso pode ser recebido como também pode não ser”, disse o gestor, revelando que a previsão é que o prazo para protocolamento do recurso seja até a próxima quarta-feira (16.01).

José Roberto explicou, que os recursos deferidos juntamente com as inscrições deferidas serão encaminhados para uma lista final, e posteriormente o sorteio das 1 mil unidades habitacionais do Residencial Colinas Douradas. “Acreditamos que em torno de 13 a 14 mil inscrições sejam credenciadas para este sorteio que esperamos realizar nos primeiros dias de fevereiro. Tudo vai depender da análise dos recursos”, finalizou o secretário.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br