PF apreende carcaça de animal silvestre no Aeroporto Marechal Rondon

Item estava em mala e foi detectado no raio-x da sala de embarque

PF/MT

Um homem foi flagrado nesta terça-feira (01) no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (MT), carregando na bagagem um item inusitado: uma carapaça de tatu. O flagrante ocorreu quando a mala era passada no raio-x da sala de embarque.

Aos policiais o homem disse que recebeu o casco de um índio da etnia “bakairi” e que não pretendia revendê-lo. Afirmou que o material seria utilizado como recipiente para ovos. Disse ainda que não tinha conhecimento de que a conduta caracterizava crime ambiental.

Sem antecedentes criminais, o homem foi conduzido para a sede da Polícia Federal, onde foi ouvido pelo delegado em plantão, Alex Sandro Biegas, em Termo Circunstanciado.

Após o interrogatório, o homem foi liberado, com o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal Federal, em Cuiabá, para responder

Um homem foi flagrado nesta terça-feira (01) no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande (MT), carregando na bagagem um item inusitado: uma carapaça de tatu. O flagrante ocorreu quando a mala era passada no raio-x da sala de embarque.

Aos policiais o homem disse que recebeu o casco de um índio da etnia “bakairi” e que não pretendia revendê-lo. Afirmou que o material seria utilizado como recipiente para ovos. Disse ainda que não tinha conhecimento de que a conduta caracterizava crime ambiental.

Sem antecedentes criminais, o homem foi conduzido para a sede da Polícia Federal, onde foi ouvido pelo delegado em plantão, Alex Sandro Biegas, em Termo Circunstanciado.

Após o interrogatório, o homem foi liberado, com o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal Federal, em Cuiabá, para responder por crime contra a fauna.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br