James Horner, autor da trilha de 'Titanic', morre em acidente de avião

Ele também compôs para 'Avatar', 'Coração valente', 'Uma mente brilhante'

G1.com

James Horner, compositor de trilhas sonoras de grandes sucessos de Hollywood como "Titanic" e "Avatar", morreu na segunda-feira (22) aos 61 anos em um acidente de avião na Califórnia.

Segundo a revista "Variety", Horner morreu na queda de um avião privado na localidade de Santa Bárbara. Rumores de sua morte surgiram durante a madrugada, após a confirmação de que a aeronave acidentada pertencia ao compositor.

"O brilhante compositor James Horner, amigo e colaborador em sete filmes, faleceu tragicamente em um acidente de avião. Meu coração sofre por seus parentes", escreveu no Twitter o cineasta Ron Howard.

Horner ganhou duas estatuetas do Oscar por Titanic (1997), dirigido por James Cameron: um pela canção "My Heart Will Go On", interpretada pela canadense Celine Dion, e outro pela trilha sonora de filme dramático.

Também foi indicado outras seis vezes ao prêmio da Academia, a primeira delas por "Aliens, O Resgate" (1986). As outras indicações vieram com "Campo dos Sonhos", "Apollo 13," "Coração Valente", "Uma Mente Brilhante".

A indicação mais recente de Horner ao Oscar aconteceu em 2009, pela ficção científica "Avatar", também dirigida por James Cameron.

O protagonista de "Uma Mente Brilhante", Russell Crowe, lamentou a morte de James Horner no Twitter. "Meus mais sinceros pêsames à família, entes queridos e amigos de James Horner", escreveu o ator australiano.

Outros atores e diretores homenagearam o compositor nas redes sociais. "Estou incrivelmente triste com a notícia da perda de James Horner. Cresci amando seu trabalho. Deixa um legado musical espetacular", escreveu Seth MacFarlane, criador de "Família da Pesada".

"Não há nada que tenha marcado mais a minha experiência de ir ao cinema que a genialidade musical de James Horner. Ele ficará na história", escreveu o ator Rob Lowe.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br