17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024
 
menu

Editorias

icon-weather
lupa
fechar
logo

Fatos de Brasília Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 08:58 - A | A

Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 08h:58 - A | A

vai à sanção

Câmara aprova Novo Ensino Médio; veja o que pode mudar

Texto mantém o aumento da carga horária da formação geral básica

Lucione Nazareth/Fatos de Brasília

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite dessa terça-feira (09.07), o Novo Ensino Médio no Brasil.  A proposta já tinha sido analisada pelo Senado e agora será enviada para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).  

No texto aprovado excluiu o ensino obrigatório da língua espanhola e alterou a carga horária dos alunos, permitindo a flexibilização na escolha das disciplinas para aqueles que optarem pelo ensino técnico.  

A proposta mantém o aumento da carga horária da formação geral básica previsto no projeto original, de 1,8 mil para 2,4 mil horas nos três anos do ensino médio para alunos que não optarem pelo ensino técnico. A carga horária total do ensino médio continua a ser de 3 mil horas nos três anos.  

Ainda segundo o texto para completar a carga total nos três anos, os alunos terão de escolher uma área para aprofundar os estudos com as demais 600 horas. Eles poderão escolher entre linguagens e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias ou ciências humanas e sociais aplicadas.  

Na Câmara, foi excluído o trecho que obrigava o ensino médio a ter no mínimo 70% da grade como disciplina básica e apenas 30% para os itinerários formativos.

Leia Também - Projeto obriga Governo fornecer óculos de grau aos estudantes de MT

 

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 01 - JD. IMPERADOR
CEP: 78125-760 - Várzea Grande / MT

(65) 3029-5760
(65) 99957-5760